Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 24 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 24 de julho de 2020.
Notícia da edição impressa de 24/07/2020.
Alterada em 24/07 às 03h00min

Caldo e sopa reconfortantes

Desligar o fogo, levar à mesa com azeite e molho de pimenta

Desligar o fogo, levar à mesa com azeite e molho de pimenta


FLAVIA BONATO/DIVULGAÇÃO/JC
Depois de animadores dias de calor, este fim de semana deve trazer o inverno de volta. Adequado apresentar aos leitores um clássico da culinária portuguesa, que conheci e passei a apreciar ao tempo em que o Restaurante Galo, na então sossegada rua João Alfredo, era um dos poucos especialistas em Porto Alegre. A receita foi enviada pela chef e apresentadora Flavia Bonato. A outra veio do casal Joop Stoltenborg e Tini Schoenmaker, fundadores do Sítio A Boa Terra (SP).
Depois de animadores dias de calor, este fim de semana deve trazer o inverno de volta. Adequado apresentar aos leitores um clássico da culinária portuguesa, que conheci e passei a apreciar ao tempo em que o Restaurante Galo, na então sossegada rua João Alfredo, era um dos poucos especialistas em Porto Alegre. A receita foi enviada pela chef e apresentadora Flavia Bonato. A outra veio do casal Joop Stoltenborg e Tini Schoenmaker, fundadores do Sítio A Boa Terra (SP).
Caldo verde (acima)
Ingredientes:
  • 1 kg de batata inglesa
  • 250g de linguiça portuguesa cortada em rodelas
  • 1 cebola média
  • 1 colher (sopa) de extrato de tomate
  • 2 dentes de alho
  • maço de couve cortada em tiras fininhas
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora
  • azeite e molho de pimenta
Modo de preparar:
  1. Descascar e cozinhar batatas em água com um pouco de sal.
  2. Processar batatas com um pouco do caldo do cozimento e reservar o restante, porque contém o amido que ajudará a encorpar depois.
  3. Processar cebola e alho em azeite. Reservar.
  4. Em uma panela fritar linguiça com duas colheres (sopa) de azeite e reservar.
  5. Adicionar extrato de tomate à panela e refogar com a mistura de alho e cebola reservada.
  6. Acrescentar parte da água do cozimento e o creme de batatas. Se necessário, completar com mais água até atingir a espessura desejada.
  7. Revisar sal e pimenta, integrar linguiça e couve ao caldo, mexendo por cinco minutos.
  8. Desligar o fogo, levar à mesa com azeite e molho de pimenta.
Sopa de tomates
Ingredientes:
  • 6 tomates médios maduros
  • 1 cebola picada
  • 4 colheres (sopa) de manteiga de azeite
  • 3 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 1 folha de louro
  • 1 colher (cha) de açúcar
  • 1 xicara (cha) de leite
  • 500ml de água quente
  • salsa picada, sal e pimenta
Modo de preparar:
  1. Bater tomates em liquidificador e reservar.
  2. Aquecer azeite em uma panela, dourar cebola, adicionar farinha e, aos poucos, metade da água, mexendo sempre com colher de pau.
  3. Juntar tomate batido, o restante da agua, louro, acucar, sal e pimenta.
  4. Cozinhar por 10 minutos em fogo brando, integrar leite, salsinha e servir.

Degustações do novo normal

GASTRONOMIA - ADEGA - VINHOS
Modernidade! Semana que vem eu conto aqui
FERNANDO WILLADINO/DIVULGAÇÃO/JC
Bons tempos. Nem em sonhos se falava em pandemia, a Playboy desnudava as mais lindas mulheres e as entregava aos assinantes na forma de revista. Além do que, organizava frequentes degustações de vinhos, cervejas e o que mais resultasse em matérias interessantes. Era aí que entrava este então jovem colunista, volta e meia viajando a São Paulo, convidado a participar como jurado, atribuindo notas aos rótulos que a equipe da redação selecionava.
Atualmente venho recebendo convites para cursos, palestras e entrevistas coletivas on-line, especialmente sobre vinhos. Pois, curioso e interessado, aceitei participar da minha primeira degustação orientada a distância, pelos enólogos Pedro Dourado (Lusovini), Fernando Saavedra (Los Cardones) e Tiago Dal Pizzol (Go Up).
Modernidade! Semana que vem eu conto aqui.

Jantar fora do normal

GASTRONOMIA - EM VIAGEM
É que o Pullmann Ibirapuera resolveu enfrentar a pandemia transferindo seu restaurante para alguns apartamentos
PULLMANN IBIRAPUERA/DIVULGAÇÃO/JC
Essa rede de hotéis Pullmann já nos proporcionou um inesquecível café da manhã em Londres, ao lado da estação St. Pancras, da qual parte o trem-bala da Eurostar rumo a Paris. Verdade que em outras rápidas hospedagens, sempre nas proximidades de estações ou aeroportos - em Miami, por exemplo - o breakfast foi mais modesto, mas o tema aqui é outro.
É que o Pullmann Ibirapuera - sim, em São Paulo - resolveu enfrentar a pandemia transferindo seu restaurante para alguns apartamentos. Assim, às sextas-feiras e aos sábados, o chef francês Jean Christophe apresenta um menu de jantar que pode ser servido para de uma a quatro pessoas, com entrada, principal e sobremesa (foto). Harmonizado com vinhos ou não, com privacidade e vista para o parque e a metrópole.
Uma boa ideia, que requer reserva com 24 horas de antecedência - reservas.pullmanibirapuera@accor.com.br. Os jantares têm custo individual entre R$ 220,00 e R$ 300,00.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Carlos Pires de Miranda
Carlos Pires de Miranda
As novidades nas operações gastronômicas no Rio Grande do Sul, receitas exclusivas e dicas de lugares agradáveis para apreciar o melhor da culinária estão na coluna Gastronomia, publicada todas as sextas-feiras.