Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 18 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 18 de julho de 2020.
Notícia da edição impressa de 10/07/2020.
Alterada em 10/07 às 08h34min

Noite de queijos e vinhos - em casa

As sugestões de harmonização vieram da Grand Cru de Campinas (SP)

As sugestões de harmonização vieram da Grand Cru de Campinas (SP)


TIROLEZ/DIVULGAÇÃO/JC
Já foi moda nos clubes organizar esse tipo de evento, em especial quando chegava o inverno. Era só obter um acordo com uma vinícola, outro com algum fabricante de laticínios e pronto - agitava-se a agenda social, com bom retorno para os cofres da entidade.
Já foi moda nos clubes organizar esse tipo de evento, em especial quando chegava o inverno. Era só obter um acordo com uma vinícola, outro com algum fabricante de laticínios e pronto - agitava-se a agenda social, com bom retorno para os cofres da entidade.
Uma vez que atualmente não se pode sequer disputar uma partida de tênis no clube, com um ônibus de distância entre os jogadores - uma inacreditável demasia dos poderes públicos -, a ideia é trazer a festa para sua casa.
Escolha marcas de vinho e tipos de queijos prediletos e, mesmo que seja a dois, divirta-se!
As sugestões de harmonização vieram da Grand Cru de Campinas (SP).
Para começar, dois queijos macios e cremosos, que costumo consumir com algum pão que mereça: Brie e Camembert. Eles pedem um Chardonnay com notas frescas. Se preferir um tinto, que seja frutado como tantos italianos.
O Gouda, sempre presente em tábuas de aperitivo, requer vinhos encorpados, de boa acidez, como um tinto Syrah.
Os chamados queijos azuis (pela cor de seus veios) apresentam significativas diferenças. O francês Roquefort aproveita leite de ovelha; o italiano Gorgonzola, de vaca. O primeiro sugere um vinho do Porto, o segundo, mais macio, vai bem com vinhos leves e frutados.
O Grana Padano, que a Randon faz bem feito aqui no Rio Grande, é originário da Itália, onde goza de muita popularidade. Sua textura granulada pede tintos complexos, com taninos marcantes, de boa maturação - Cabernet Sauvignon e Malbec são recomendados.
Gruyère e Emmental são suíços famosos, embora sua produção se tenha difundido mundo afora - compro um Gruyère bem interessante, vindo de Minas, na Banca 43 da Bela Vista. Com ambos, a indicação é de vinhos estruturados, equilibrados em redondeza e persistência. Podem ser brancos ou tintos.

Creme de cogumelos

HOMEM NA COZINHA - CREME DE COGUMELOS
Adicionar creme de inhame e a bebida vegetal à panela, temperar com sal e cozinhar
A Tal da Castanha Original/DIVULGAÇÃO/JC
Esta receita inclui um produto composto por água e castanhas de caju, disponível em lojas de grãos e nutrientes. Ela foi enviada pela nutricionista Alessandra Luglio e o resultado é tentador.
Ingredientes:
  • 250g de cogumelos shiitake frescos
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho esmagados
  • 1 xícara de inhame cozido e picado
  • 2 xícaras (chá) de caldo de legumes
  • 2 xícaras (chá) de A Tal da Castanha Original
  • 2 colheres (sopa) de folhas de salsinha fresca picadas
  • azeite de oliva e sal
Modo de preparar:
  1. Em liquidificador, bater inhame com caldo de legumes e reservar.
  2. Dourar cebola e alho no azeite, acrescentar cogumelos e refogar até que murchem.
  3. Adicionar creme de inhame e a bebida vegetal à panela, temperar com sal e cozinhar em fogo médio por aproximadamente 10 minutos.
  4. Salpicar salsinha e servir.

Cachaça e chocolate

GASTRONOMIA SEU BAR 1 - Chocolate quente com cachaça

MIDDAS/DIVULGAÇÃO/JC
A combinação parece exótica, mas resulta em bebidas reconfortantes, adequadíssimas ao nosso clima. As receitas são da Middas, que propõe a degustação de suas cachaças com toques de ouro em pó de 23 quilates!
Chocolate quente com cachaça
Ingredientes:
  • 250 ml de leite
  • 4 colheres (sobremesa) de chocolate em pó
  • 1 colher (sobremesa) de açúcar mascavo chocolate ao leite ou meio amargo, em pedaços
  • 30 ml de cachaça branca
  • canela em pó
Modo de preparar:
  1. Em uma panela, aquecer leite com chocolate em pó e açúcar, misturando bem.
  2. Colocar um pedaço de chocolate no fundo da xícara, adicionar cachaça, depois o chocolate quente.
  3. Polvilhar canela em pó sobre a bebida e servir.
Chocolate com pimenta (foto acima)
Ingredientes:
  • 85 ml de cachaça
  • 115 ml de licor de chocolate ou licor de cacau
  • pimenta do reino
  • raspas de chocolate
Modo de preparar:
  1. Misturar cachaça e licor em uma coqueteleira.
  2. Passar a uma taça, acrescentar raspas de chocolate e pimenta do reino moída na hora.
  3. Decorar como na foto.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Carlos Pires de Miranda
Carlos Pires de Miranda
As novidades nas operações gastronômicas no Rio Grande do Sul, receitas exclusivas e dicas de lugares agradáveis para apreciar o melhor da culinária estão na coluna Gastronomia, publicada todas as sextas-feiras.