Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020.
Dia do WebDesigner.

Jornal do Comércio

Notícia da edição impressa de 24/02/2020.
Alterada em 24/02 às 03h00min
COMENTAR | CORRIGIR

Frases e personagens

'Aprovo a Frente Parlamentar de Combate aos Privilégios', diz Giuseppe Riesgo (Novo)

'Aprovo a Frente Parlamentar de Combate aos Privilégios', diz Giuseppe Riesgo (Novo)


MARCELO G. RIBEIRO/JC
"Aprovo a Frente Parlamentar de Combate aos Privilégios. A primeira medida é ação popular para a devolução de valores pagos pelo TCE aos conselheiros." Giuseppe Riesgo (Novo), deputado estadual.
"Aprovo a Frente Parlamentar de Combate aos Privilégios. A primeira medida é ação popular para a devolução de valores pagos pelo TCE aos conselheiros." Giuseppe Riesgo (Novo), deputado estadual.
"Concordo com a necessidade da criação de um movimento para buscar os ressarcimentos da Lei Kandir. Relembro que a bancada do PT apresentou proposta neste sentido há quatro anos." Luiz Fernando Mainardi (PT), deputado estadual.
"Há uma tendência de relativo aumento na produção brasileira e, por consequência, nas exportações de carnes suína e de frango. O mundo demandará do Brasil 41% do crescimento total na produção mundial de alimentos para os anos de 2026 e 2027. As perspectivas são boas." Francisco Turra, presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal.
"Reclamei sim da chantagem de parlamentares. Há uma disputa entre Executivo e Congresso Nacional pelo controle orçamentário neste ano, período eleitoral." Heleno Augusto, ministro do Gabinete de Segurança Institucional.
"Nenhum ataque à democracia será tolerado pelo Parlamento. O Congresso Nacional seguirá cumprindo com as suas obrigações. Defendo democracia, independência e harmonia dos Poderes." Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente do Senado.
"Assumo essa função em meio a um turbilhão de notícias desagradáveis que atingem todas as mulheres desse País. O número de feminicídios triplicou em janeiro deste ano no RS. O machismo estrutural está impregnado em nossa sociedade, ele condena a mulher e nos mata todos os dias. Não podemos nos calar." Cláudia Araújo (PSD), vereadora, assumindo a Procuradoria Especial da Mulher na Câmara Municipal.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia