Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 31 de janeiro de 2020.

Jornal do Comércio

Notícia da edição impressa de 31/01/2020.
Alterada em 31/01 às 15h10min
COMENTAR | CORRIGIR

Frases & Personagens

Entrevista especial com deputado estadual Mateus Wesp, relator da LOA 2020

Entrevista especial com deputado estadual Mateus Wesp, relator da LOA 2020


fotos: LUIZA PRADO/JC
"A partir da atualização do estatuto dos servidores, também será possível a realização de teletrabalho, onde o servidor poderá desenvolver suas atividades em casa, e de receber ou compensar horas extras. Destaco também a aprovação do fim da incorporação de vantagens temporais e da função gratificada. É a atualização da legislação visando adequar aos novos tempos, ao cenário atual do mundo do trabalho e à realidade das finanças do Estado." Mateus Wesp, deputado estadual, líder da bancada do PSDB.
"A partir da atualização do estatuto dos servidores, também será possível a realização de teletrabalho, onde o servidor poderá desenvolver suas atividades em casa, e de receber ou compensar horas extras. Destaco também a aprovação do fim da incorporação de vantagens temporais e da função gratificada. É a atualização da legislação visando adequar aos novos tempos, ao cenário atual do mundo do trabalho e à realidade das finanças do Estado." Mateus Wesp, deputado estadual, líder da bancada do PSDB.
"Estimo para abril a aprovação da reforma tributária. A ideia é que em fevereiro seja criada comissão especial no Senado." Rodrigo Maia (DEM), presidente da Câmara dos Deputados.
"Clique para conhecer o canal de denúncias contra corrupção. A Ouvidoria do Ministério irá receber as denúncias e realizar o encaminhamento para a apuração." Sérgio Moro, ministro da Justiça e Segurança Pública, inaugurando canal eletrônico no site do ministério.
"O governo nos convoca a chancelar uma tabela que achata os salários e acaba com o plano de carreira do magistério. Com essa tabela ao final da carreira o professor ganhará 1,75 vezes o salário que ganhava no início da carreira." Luiz Fernando Mainardi, líder da bancada do PT na Assembleia.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia