Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 13 de janeiro de 2020.

Jornal do Comércio

Notícia da edição impressa de 13/01/2020.
Alterada em 13/01 às 08h43min
COMENTAR | CORRIGIR

Frases e Personagens

'Porto Alegre demonstra seu real papel na segurança pública, que é o de auxiliar o Estado', diz Oliveira

'Porto Alegre demonstra seu real papel na segurança pública, que é o de auxiliar o Estado', diz Oliveira


GIULIA SECCO/CMPA/JC
"Porto Alegre demonstra o seu real papel na segurança pública, que é o de auxiliar o Estado a investigar, produzir provas no enfrentamento ao crime organizado e combater o roubo de veículos através do cercamento eletrônico, uma ferramenta que, junto com outros esforços, é vitoriosa na baixa de roubos e homicídios." Rafael Oliveira, secretário municipal de Segurança Pública.
"Porto Alegre demonstra o seu real papel na segurança pública, que é o de auxiliar o Estado a investigar, produzir provas no enfrentamento ao crime organizado e combater o roubo de veículos através do cercamento eletrônico, uma ferramenta que, junto com outros esforços, é vitoriosa na baixa de roubos e homicídios." Rafael Oliveira, secretário municipal de Segurança Pública.
"A estiagem é desuniforme e ainda está em curso, os dados mudam rapidamente. O caráter regionalizado e fases de cada cultura também influenciam na consequência da estiagem e no percentual de perdas." Alencar Rugeri, diretor técnico da Emater-RS.
"O sarampo voltou com tudo no Brasil. Só no Rio Grande do Sul, foram 44 casos em 2019. A integridade de uma criança e da sociedade não pode ficar sujeita a irresponsabilidades. É preciso se vacinar. Não acredite em fake news contrárias à vacinação. Com a vida não se brinca." Pedro Westphalen (PP), deputado federal.
"Esperamos para janeiro uma inflação de 0,26%, desaceleração bem relevante em relação a dezembro, e, em meio a esse 0,26%, projetamos a deflação da carne bovina, que deve ir ao terreno negativo rapidamente." Julia Passabom, economista do Itaú-Unibanco.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia