Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 08 de janeiro de 2020.
Dia Nacional do Fotógrafo.

Jornal do Comércio

Notícia da edição impressa de 08/01/2020.
Alterada em 08/01 às 03h00min
COMENTAR | CORRIGIR

Frases & Personagens

Prefeito sanciona novo IPTU da Capital. 
Na foto: Leonardo Busatto

Prefeito sanciona novo IPTU da Capital. Na foto: Leonardo Busatto


/LUIZA PRADO/JC
"Estamos com as taxas de juros mais baixas da história, o que facilita o crédito, e uma inflação anual de 3,9%. É certo que será um ano muito melhor." Armando Castellar, economista da Fundação Getúlio Vargas (FGV).
"Estamos com as taxas de juros mais baixas da história, o que facilita o crédito, e uma inflação anual de 3,9%. É certo que será um ano muito melhor." Armando Castellar, economista da Fundação Getúlio Vargas (FGV).
"Nosso plano era crescer 1% este ano (2019). Agora, esperamos 2% em 2020, 3% em 2021 e 4% em 2022." Paulo Guedes, ministro da Economia.
"Historicamente, a cada dez anos, em sete deles nós tivemos algum comprometimento do potencial produtivo das lavouras e pastagens em função de alguma restrição hídrica. Apesar disso, desde a safra de 2012/2013 não tivemos estiagem que causasse prejuízo maior na nossa produção"." Luiz Fernando Rodrigues Júnior, secretário em exercício da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural.
"Conseguimos manter a média histórica de receber cerca da metade do IPTU de forma antecipada. É uma conquista importante, até porque tivemos a atualização da planta de valores após quase três décadas." Leonardo Busatto, secretário municipal da Fazenda
 “Temos como prioridade a finalização do ano letivo de 2019 para podermos iniciar corretamente o ano de 2020, como é nossa obrigação e direito de todos os estudantes da rede estadual." Faisal Karam, secretário estadual de Educação
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia