Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 22 de agosto de 2019.
Dia do Folclore.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Frases e Personagens

Edição impressa de 22/08/2019. Alterada em 22/08 às 03h00min

Frases e personagens

Sebastião Melo

Sebastião Melo


MICHAEL PAZ/AGÊNCIA ALRS/JC
"Apoio ações para retirar privilégios, como o autoaumento de alguns dos poderes, como Judiciário, MP, Defensoria e Tribunal de Contas. Todos recebem em dia, muitos no teto. No Judiciário, quando o magistrado se aposenta no teto, recebe em torno de R$ 400 mil da venda de licença-prêmio." Sebastião Melo (MDB), deputado estadual.
"Apoio ações para retirar privilégios, como o autoaumento de alguns dos poderes, como Judiciário, MP, Defensoria e Tribunal de Contas. Todos recebem em dia, muitos no teto. No Judiciário, quando o magistrado se aposenta no teto, recebe em torno de R$ 400 mil da venda de licença-prêmio." Sebastião Melo (MDB), deputado estadual.
"A TVE cumpriu, no passado, importante papel educativo, cultural e de informação. Mas, na atual conjuntura tecnológica, e diante das imensas dificuldades do Estado em cumprir suas tarefas básicas - como pagamento em dia de salários e contratação de policiais -, devemos refletir sobre essa disposição do atual governo em manter uma TV e uma rádio públicas." Gabriel Souza (MDB), deputado estadual.
"Tem que criticar, sim. Aí, a gente fica na mídia. E há uma ditadura bolsonariana. Não existe abertura ao diálogo, nem espaço para quem pensa diferente." Alexandre Frota (PSDB-SP), expulso do PSL.
"Não entendo a euforia de muitos setores da sociedade diante dessa fofocada produzida por criminosos contra a Lava Jato." Luís Roberto Barroso, ministro do STF.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia