Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 15 de abril de 2019.
Dia Nacional da Conservação do Solo. Dia Mundial do Desenhista.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Frases e Personagens

Edição impressa de 15/04/2019. Alterada em 15/04 às 03h00min

Frases e personagens

"Unir forças para voltar a fazer Porto Alegre brilhar no período do Natal por meio de luzes, eventos e atrações. Precisamos fazer com que a coletividade permeie em Porto Alegre, para que tragamos o desenvolvimento que tanto queremos para todas as áreas. As ações de Natal que estamos propondo são apenas algumas das formas de mostrarmos, lá em dezembro, que com a união de todos conseguimos excelentes resultados" Paulo Kruse, presidente do Sindilojas Porto Alegre.
"A iniciativa do Sindilojas Porto Alegre é um exemplo de que todos podem ceder sempre um pouco do seu tempo em prol da cidade." Nelson Marcheza Júnior (PSDB), prefeito da Capital.
"Entre as sugestões estão a ampliação do número de árvores de Natal distribuídas por pontos estratégicos da Capital; a realização de concurso de decoração de fachadas e vitrines de lojas, empreendimentos comerciais, e residências; cortejo de Papais Noéis; apresentações de danças no estilo flashmob; presépio vivo na Usina do Gasômetro; entre outras." Luciano Alabarse, secretário municipal da Cultura.
"Economistas liberais acreditam em preços livres com menor intervenção possível. Não temo o risco de volta de controle de preços pelo governo Bolsonaro. Não, não tem esse risco." Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central.
"A nova Previdência vai preservar cerca de 80% da população, que recebe até dois salários-mínimos por mês de aposentadoria. Para a população mais pobre, não vai mudar nada. E estão sendo propostas, para as Forças Armadas, regras muito mais duras do que as atuais." Leonardo Rolim, secretário da Previdência.
"Somente com a nova Previdência o aposentado poderá ter a certeza de que receberá a aposentadoria até os últimos dias da vida. Quem ainda não se aposentou e está no mercado de trabalho terá, com a reforma da Previdência, a certeza de que receberá no banco os proventos quando parar de trabalhar." Jair Bolsonaro (PSL), presidente da República.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia