Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 14 de setembro de 2018.
Aniversário da cidade de Viamão.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Frases e Personagens

Edição impressa de 14/09/2018. Alterada em 14/09 às 01h00min

Frases e personagens

Eduardo Guardia

Eduardo Guardia


JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL/JC
"Estamos trabalhando na simplificação de PIS/Cofins. A reforma exclui o setor de serviços, que poderá seguir no cumulativo. Vamos tentar resolver a complexidade do PIS/Cofins ao restante da economia." Eduardo Guardia, ministro da Fazenda.
"A carga tributária das empresas, ao redor de 34%, está muito acima da média internacional, mas temos um problema fiscal enorme e não podemos abrir mão de receita." Também Eduardo Guardia.
"Até o final do ano, a bandeira vermelha do setor elétrico continuará acionada, mesmo com o início do período chuvoso em novembro, porque seria temerário desligar termelétricas em um momento de escassez hídrica. Até porque, para as distribuidoras, também seria temerário, por conta dos custos com os combustíveis." Luiz Eduardo Barata, diretor-geral do Operador Nacional do Sistema.
"Alceu de Deus Collares (PDT) completou 92 anos, e continua lúcido e estudioso, lendo muito. Como prefeito, Collares foi quem trouxe o Legislativo municipal para sua atual sede, no Palácio Aloísio Filho." João Bosco Vaz (PDT), vereador de Porto Alegre.
"Lamento o estado do Centro Histórico de Porto Alegre. Nunca vi tão abandonado. Observei contêineres de lixo cheios, com mau cheiro e atraindo moscas. O Centro é uma barbaridade, nada se faz." Cassiá Carpes (PP), vereador da Capital.
"Vivemos uma situação, hoje, no Brasil, paradoxal, onde até quem é preso continua popular. Pinheiro Machado foi o último a ser esfaqueado, era senador. Qual é o efeito? Depende da narrativa." Fernando Henrique Cardoso (PSDB), ex-presidente da República.
"Taxas de juros altas prejudicam a economia. Minha sensibilidade em relação às taxas de juros não mudou, mesmo que o banco central da Turquia seja independente." Recep Tayyip Erdogan, presidente da Turquia.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia