Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 19 de julho de 2020.
Nelson Mandela Day.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 19 de julho de 2020.
Notícia da edição impressa de 15/06/2020.
Alterada em 15/06 às 03h00min

MuleBule: inovação com técnica francesa sous-vide

Nelson Ramalho destaca praticidade em ótimas refeições

Nelson Ramalho destaca praticidade em ótimas refeições


/VINI DALLA ROSA/DIVULGAÇÃO/JC

A empresa MuleBule, com a sua proposta diferenciada para o mercado, oferece aos seus clientes uma experiência única em sabores e praticidade. Isso ocorre a partir de um novo produto: Be a Chef - com pratos preparados com a técnica à francesa sous-vide (a vácuo). "Trata-se de uma prática de preparo com cozimento em baixas temperaturas, que possibilita manter a integridade dos ingredientes e uma verdadeira experiência de chef em casa", informa o empresário Nelson Ramalho, criador da marca MuleBule.

A empresa MuleBule, com a sua proposta diferenciada para o mercado, oferece aos seus clientes uma experiência única em sabores e praticidade. Isso ocorre a partir de um novo produto: Be a Chef - com pratos preparados com a técnica à francesa sous-vide (a vácuo). "Trata-se de uma prática de preparo com cozimento em baixas temperaturas, que possibilita manter a integridade dos ingredientes e uma verdadeira experiência de chef em casa", informa o empresário Nelson Ramalho, criador da marca MuleBule.

De acordo com Ramalho, essa técnica é utilizada nos restaurantes mais renomados do mundo. O cliente, em sua residência, só tem o trabalho de colocar os bags - sacos que acondicionam os produtos diretamente em água fervente em banho-maria por alguns minutos para a refeição ficar pronta. "O prato mantém a qualidade - similar ao que é servido em um restaurante. O cliente pode, então, decorar a seu modo", detalha.

Ramalho diz que um dos diferenciais dessa técnica é o tempo de armazenamento dos alimentos. "Cada, prato pode ser mantido em refrigeração por até cinco dias e congelado por 30 dias", acrescenta.

Com uma trajetória de sucesso que começou em 1990, o empreendedor que começou com uma primeira cafeteria no Novo Shopping, em Novo Hamburgo, em 2004, além de inaugurar o MuleBule Bistrô & Café, abre uma empresa de alimentação homônima, direcionada a eventos. Com a entrada do sócio, Adelar Kleinert Jr., em 2006, o negócio cresceu e se consolidou como uma referência no mercado regional.

A MuleBule está presente em diversas regiões do Brasil. Ramalho explica que, antes da pandemia da Covid-19 - e agora em stand by -, a empresa atuava em grandes feiras do agronegócio, como Tecnoshow e Agrishow, entre outras, com projetos especiais de alimentação e bebidas para atender a volumes de até 3 mil a 4 mil pessoas por dia.

A maior estrutura da MuleBule está localizada no Rio Grande do Sul, onde a empresa conta com uma sede de mil metros quadrados de área no bairro Navegantes, em Porto Alegre, com capacidade para atender a eventos de todos os portes. E oferece serviços personalizados por demanda.

No portfólio estão inaugurações de empreendimentos - como a fábrica da Philip Morris, a Arena do Grêmio e shopping centers - e grandes eventos - como Fimec, Construsul, entre outros. O maior já realizado foi a Copa do Mundo de 2014, quando foi escolhida por representantes da Fifa para executar a operação alimentícia e a área VIP do estádio Beira-Rio - fazendo parte de um seleto grupo de 20 empresas escolhidas em todo o Brasil. Site do Be a Chef: https://www.goomer.app/be-a-chef ou pelo WhatsApp (51) 99281-3443.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Osni Machado
Osni Machado
A trajetória de empresas contada com foco no que de melhor essas instituições têm a oferecer para o mercado. Produtos, serviços e novas estratégias são apresentadas todas as semanas na coluna Empresários & Cia.