Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 30 de julho de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Osni Machado

Empresários & Cia

Edição impressa de 30/07/2018. Alterada em 30/07 às 01h00min

M.Stortti viabiliza novos negócios internacionais

Maurênio destaca os passos dos novos empreendimentos

Maurênio destaca os passos dos novos empreendimentos


/CLAITON DORNELLES/JC
A M.Stortti Business Consulting Group, empresa gaúcha, que atua na área do Direito Comercial, está com duas novas frentes de negócios internacionais no momento, que irão viabilizar a entrada de empresas do Rio Grande do Sul e do Brasil em importantes mercados globais e também o ingresso de estrangeiros no País.
Maurênio Stortti, advogado especializado em comércio internacional, proprietário da M. Stortti, empresa que possui oito unidades distintas de negócios, revela que já existe um acordo com o Ministério da Indústria e Comércio do governo do Panamá, com o objetivo de mostrar para empresas do Sul do Brasil, que o país como um importante centro logístico. Dentro deste cenário, a M. Stortti também está encarregada de favorecer a formação de um clusters de empresas, ou seja, companhias que atuam em um mesmo segmento da economia.
O advogado informa que a ideia é a criação de Centros de Distribuição (CD) no Panamá para empresas brasileiras com o objetivo de atender comercialmente àquela região, em países com República Dominicana, Porto Rico, entre outros.
Stortti diz que, inicialmente, as atenções estão voltadas para formação de clusters de empresas brasileiras do segmento de máquinas agrícolas, que a partir de Centros de Distribuição venham a ingressar em importantes mercados, como, os Estados Unidos.
O especialista explica que em setembro irá para o Panamá com objetivo de concretizar mais uma etapa deste negócio, com a definição do local onde será construído o Centro de Distribuição. De acordo com ele, a área ideal será na Zona Franca de Colón, no Panamá.
A língua hispânica; base geográfica dos Centros de Distribuição e, ma is adiante, a formação de estoque avançados dos produtos naquela região, multiplicam as oportunidades de negócios. Isto é parte da chamada modelagem de negócios, desenvolvida pela M. Stortti.
Stortti acrescenta que a outra frente de negócios foi estabelecida no ano passado, quando realizou a fusão com um escritório de advocacia em Portugal. Este negócio, conforme explica Stortti servirá para levar algumas marcas gaúchas para atuar em Portugal, na modalidade de franquia. Destaca que a iniciativa também irá viabilizar a entrada de companhias brasileiras no mercado europeu, utilizando Portugal como porta de entrada para aquele grande mercado. Lembra que o negócio, igualmente favorece, os empreendedores portugueses e demais europeus com interesse no Rio Grande do Sul e nos demais estados brasileiros, o que hoje já é feito para empresas polonesas, francesas, italianas e espanholas em trabalhos que estão sendo realizados pela consultoria à 32 anos.
A M. Stortti é especializada no mundo empresarial; faz fusões e aquisições; desenvolvimento imobiliário, infraestrutura, desenvolvimento e consultoria para hotéis, entre outros.
Informações adicionais: o escritório fica na rua Fabrício Pilar, 770, no 5º andar, em Porto Alegre. Site: www.mstortti.com.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia