Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 11 de março de 2019.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Carlos Pires de Miranda

De Olho na tevê

Edição impressa de 12/03/2019. Alterada em 11/03 às 01h00min

Noite de lotar a Arena

Não tenho dúvidas de que a torcida fará sua parte, empurrando o time para cima do Libertad, um adversário enjoado, mas seguramente inferior ao Grêmio. Não guardo receios quanto à defesa - se bem que o goleiro ainda tem uma longa jornada até chegar ao nível de Grohe -, a armação vai depender de menos infrequentes lampejos de Luan e o ataque somará velocidade ao talento, especialmente de Everton. Não só dele: hoje os gols podem surgir dos pés de qualquer um - o time é forte e experiente.
Amanhã tem mais
A Libertadores anda preenchendo os vazios deixados pelo Gauchão, com multiplicada motivação para as torcidas. Assim: a dupla treina no fim de uma semana e joga às ganhas no meio da seguinte. O Inter entra em campo amanhã como favorito, embora o Alianza de Lima traga consigo uma longa tradição no futebol peruano - por lá é o de maior torcida - e boa experiência na competição. A partida irá requerer cautela e eficiência dos colorados. E certamente terá espaço para cascudos como D'Ale e Sobis.
Gauchão? Pois é...
Não precisava ser bruxo para prever que a dupla, mesmo abusando de usar times reservas, chegaria à frente dos demais classificados. O Aimoré não segurou a onda no Beira-Rio, o Zequinha chegou animado, levou uma sapatada na Arena e abriu distância inalcançável para o segundo colocado. Quem cresceu foi o Caxias, seu 3 a 0 sobre o Ju derrubou Winck e empurrou o rival para a nona colocação, fora do G-8. Graças ao formulismo, ainda há chance de surpresas, nos mata-matas tudo pode acontecer. Até mesmo alguma emoção, porque até agora... Quase nada!
Procura no banco e...
Acha. Se ano passado havia carências, neste Renato não tem do que reclamar. Trocou Jael por Tardelli, despertou Léo Gomes, o grupo ganhou importantes acréscimos - Vizeu, Montoya, Rômulo - e tem mostrado uma fornada de jovens e promissores talentos pedindo passagem, alguns de um nível capaz de entusiasmar, casos de Jean Pyerre, Thonny Anderson, Pepê e agora Darlan. A fase é tão boa que até Marinho e André, decepções em 2018, começaram a mostrar serviço. Sem falar em Luan e, óbvio, Everton, este vivendo seu melhor momento na carreira. Tem que dar liga!
Pitacos
  • A semana tem tantas atrações que faltou espaço para falar da maior delas: o Grenal. Em casa, o Grêmio tem leve favoritismo, que os resultados da Libertadores podem aumentar ou diminuir. Enfim, emoção no Gauchão!
  • Nonato, Sarrafiore... O Inter também tem jovens promessas que levantam a torcida.
  • Façanha: Rede TV! chegou a bater a Globo por 15,8 pontos contra 10,4 na Grande SP, transmitindo Racing e Corinthians, pela Sul-Americana. Isso que, até a bola rolar, manteve um programa religioso no ar...
  • Hoje o jogo do Grêmio passa no SporTV. Amanhã a RBS transmite o do Inter. Bacana é constatar que, mesmo com os jogos passando na tevê, as torcidas nem querem saber: lotam seus estádios!
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia