Porto Alegre, quinta-feira, 22 de julho de 2021.
Porto Alegre,
quinta-feira, 22 de julho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Publicada em 22h39min, 21/07/2021. Atualizada em 18h31min, 22/07/2021.

Tá nervoso? 

GILBERTO JASPER/DIVULGAÇÃO/JC
Vá pescar, reza o ditado popular, transformado em adesivo colocado no vidro traseiro dos carros. Na ponte entre Tramandaí e Imbé e na barra do Rio Tramandaí, o esporte não perde prestígio e reúne homens, mulheres, crianças, mesmo com vento forte. A atração extra são os botos, que pescadores profissionais dizem afastar os peixes.
Vá pescar, reza o ditado popular, transformado em adesivo colocado no vidro traseiro dos carros. Na ponte entre Tramandaí e Imbé e na barra do Rio Tramandaí, o esporte não perde prestígio e reúne homens, mulheres, crianças, mesmo com vento forte. A atração extra são os botos, que pescadores profissionais dizem afastar os peixes.

Saúde e paz

O 35º prefeito de Porto Alegre está completando 92 anos neste sábado, 24 de julho. Na sua gestão, demoliu o antigo presídio, o cadeião, ao lado da Usina do Gasômetro. Conta que mesmo após várias detonações com dinamite, parte dos muros ficou de pé. Em 1984, fechou as portas do Muro da Mauá para evitar a inundação do Centro. Seu cumprimento, "Saúde de paz", foi adotado por muitos vereadores. Foi prefeito por exatos 999 dias e vereador por 40 anos. Seu nome: João Dib (PP).

Walter Galvani no Mercado Público

A proposta de colocar o jornalista e escritor Walter Galvani como nome no Mercado Público de Porto Alegre gerou algumas reações. Por mais que o admirem, acham que seria mudar uma tradição mais que centenária, sem falar que poderia não pegar. Estas vozes ponderam que seria melhor e mais visível colocar na parte interna um busto de Galvani.

Ameaça sobre rodas

Embora há quem duvide, os caminhoneiros ameaçam entrar em greve nacional na próxima segunda-feira. Quando se falou nisso pela primeira vez, há duas semanas, representantes do setor achavam que não tinha clima. Terá agora?

Derrubada de cerca

A indicação do senador do Centrão Ciro Nogueira (PP), do Piauí, para a chefia Casa Civil do governo Jair Bolsonaro pode ser vista como um chamariz em loja de alimentos, do produtor ao consumidor. Ou, como se diz na Fronteira, quando filho e filha de fazendeiros se casam, baixam a cerca.

Esquerda volver

Parece que o presidente Jair Bolsonaro não vai mais para o ninho do Patriota. O presidente afastado da legenda, Adilson Barroso, afirmou que a sigla agora é comandada por um "esquerdista". Puxa! Imagina o que dirá do Centro. Presumivelmente, restariam a Bolsonaro o PP, Republicanos e o PL. Ocorre que, a continuar nesse ritmo, o capitão pode ter resistência interna de pelo menos um destes partidos.

Bafo na nuca

O primeiro sinal de temor de um terceiro candidato ao Planalto em 2022 para o primeiro e segundo lugares nas pesquisas é o ataque a essa opção. A informação é do jornal O Globo. Sinal de que mesmo sem um nome definido, Lula e Bolsonaro já sentem bafo na nuca.

Os culpados

A frase publicada na página "Brasília é a mulher do Brasil, a despudorada, se vende por dinheiro. Pobre marido" repercutiu no Facebook. Uma pessoa moradora da Capital Federal postou este comentário: "A culpa é de vocês, eleitores, que mandam essa gente para cá. A cidade é maravilhosa". É, pode ser. Faz sentido.

Presente ideal

Sabem qual presente os mais de 100 abrigados na Spaan gostariam de receber depois de estarem quentinhos e abrigados? O velho e bom radinho de pilha. Com pilhas, é claro.

O grande ataque

Os principais países do Ocidente e o governo dos Estados Unidos lançaram duro ataque à China, sem luvas de pelica diplomáticas. Acusam os chineses de capturar informações tecnológicas, industriais, militares, biomédicas e ataques a computadores através de um "ecossistema de hackers criminosos".

Como diziam as comadres...

...penduradas nas cercas, olhando a briga da molecada na rua, isso ainda vai acabar mal.

Zoocálculo

Façam o cálculo: R$ 2 bilhões mais R$ 3,7 bilhões dá R$ 5,7 bilhões. Diminua deste total R$ 1,7 bilhão e o resultado será R$ 4 bilhões, certo? Errado. Não dá um número, mas um bicho. O bode chamado Fundo Eleitoral na sala.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO