Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 04 de maio de 2021.
Porto Alegre,
terça-feira, 04 de maio de 2021.
Notícia da edição impressa de 04/05/2021.
Alterada em 03/05 às 21h17min

Esforço duplo

LUIZA PRADO/JC
A limpeza e conservação de praças de Porto Alegre exige esforço físico, enfrentando a intempérie, a jornada dura, o perigo de contrair doenças, ainda mais agora, a incompreensão das pessoas ao jogar lixo de qualquer jeito sem destinação correta. Só o que não é em dobro é o salário. Na foto, equipe que realizava, ontem, sob forte calor, o trabalho de capina, corte de grama e limpeza na praça Frei Coronel Celso Brancher em Porto Alegre: Maicon da Silva, Ederson Guilherme Domingues, Lucas Michel Sodré, Marcos Henrique da Silva, Juarez Roosevelt de Oliveira, Maikon dos Santos e Daniel Trassante dos Santos. A eles e demais trabalhadores, nosso sincero aplauso e agradecimento.
A limpeza e conservação de praças de Porto Alegre exige esforço físico, enfrentando a intempérie, a jornada dura, o perigo de contrair doenças, ainda mais agora, a incompreensão das pessoas ao jogar lixo de qualquer jeito sem destinação correta. Só o que não é em dobro é o salário. Na foto, equipe que realizava, ontem, sob forte calor, o trabalho de capina, corte de grama e limpeza na praça Frei Coronel Celso Brancher em Porto Alegre: Maicon da Silva, Ederson Guilherme Domingues, Lucas Michel Sodré, Marcos Henrique da Silva, Juarez Roosevelt de Oliveira, Maikon dos Santos e Daniel Trassante dos Santos. A eles e demais trabalhadores, nosso sincero aplauso e agradecimento.

Suspensão de pagamentos

O BRDE vai suspender por seis meses o pagamento de empréstimos para micro e pequenos empreendedores da região Sul do Brasil, cujos negócios foram fortemente impactados pela pandemia. Deve beneficiar aproximadamente 700 contratos, que totalizam cerca de R$ 1 bilhão. Matéria na página 6.

Inflação de ofertas

Um veterano empresário do setor de imóveis é de opinião que o investimento no mercado imobiliário, sob o ponto de vista de quem busca renda, já não era lá essas coisas antes da pandemia, que dirá agora. Existem 6 mil apartamentos vazios em Porto Alegre, e cada novo que alguém compra, o anterior fica vazio. Sala comercial, então, nem se fala, em função do avanço do home office.

Porém...

...há exceções, casos dos prédios residenciais de alto padrão. Em Torres, conta um antigo veranista também de alto padrão, há prédios "que não existem em Porto Alegre" nas suas palavras. Parte dos compradores têm o sotaque da serra gaúcha.

Os três vermelhos

Atacado por todos os lados, o presidente Jair Bolsonaro realmente corre sério risco de ser impichado. Mas é uma fronteira indefinida, não dá para ficar no sim ou não no palpite. A página prefere o critério dos três sinais vermelhos. Por enquanto, acendeu o primeiro, e bem acendido.

Buraco à vista

A ofensiva contra o presidente Jair Bolsonaro é tão intensa que, se ele sofrer impeachment ou não se reeleger, deixará um vazio enorme. A dimensão dos ataques já é um fenômeno sociológico. Quem poderemos odiar depois dele?

Incorporação securitária

Foi aprovada no sábado a incorporação da Credicor-RS (Cooperativa Economia de Cred Mútuo dos Corretores de Seguros de Porto Alegre) pela CredSeguro, de Goiás.

Oráculo de Viamão


/LUIZA PRADO/JC

Assim descrita pelos viamonenses, dona Isolina Côrtes completa hoje 104 anos na ativa e sempre sorrindo. É muito popular em todo o município. Reza eficaz é com ela.

Trânsito sem regras

A EPTC precisa abrir o olho com práticas nocivas que estão fincando pé no trânsito de Porto Alegre. Motoboys, motoqueiros e motoristas trafegando na contramão até em faixas de ônibus, nem aí para sinal de vermelho e faixas de segurança - elas parecem estar em extinção ou ser decorativas - e a multiplicação de carros estacionados nas calçadas. Nenhum respeito pelo pedestre.

Mulligan fechado

O Mulligan Irish Pub fechou as portas na rua Padre Chagas. É mais uma baixa entre os estabelecimentos tradicionais na via famosa do bairro Moinhos de Vento. Operava há 17 anos no local.

Ataques diários

Os ataques dos hackers não se resumem a governos e instituições públicas. Grandes e até pequenas empresas são alvo constante dos atacantes cibernéticos, boa parte para exigir resgate. Presidente de uma grande empresa gaúcha conta que sofre entre 300 a 350 ataques por dia. Como tantos outros, usa tecnologia israelense para se proteger. Tem dado certo.

BR-Lesma

A ponte da BR-386 que sofreu abalos devido ao incêndio de um caminhão ainda não deixou a UTI do Dnit. Formam-se longas filas de veículos para atravessar uma pista, que é vai-vem. Um leitor levou 35 minutos para percorrer um quilômetro e meio.

Surto perpétuo

Há regiões da cidade onde o carteiro não aparece há quase um mês. Quando aparece um, a desculpa é que deu um susto de Covid-19 na empresa. Mesma desculpa do ano passado.

Miúdas

  • ANTES, o Cpers fazia greve; agora, não quer a volta às aulas.
  • AS tradicionais festas de São João vão gerar muitas aglomerações no Nordeste. Perigo.
  • INCRÍVEL a perda de qualidade em todos os supermercados da Capital.
  • SEGUE sem chover de forma consistente no Rio Grande do Sul.
 

No lucro, apesar de tudo

Enquanto as multas para organizadores de festas e raves que aglomeram 200, 300 ou mais pessoas forem baixas, o poder público vai continuar enxugando gelo. Os valores atuais, eles tiram em uma só noite.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Fernando Albrecht
Fernando Albrecht
Informações exclusivas em notas curtas, objetivas e bem-humoradas. Bastidores da política, observações econômicas, causos do cotidiano e um olhar diferenciado sobre a vida urbana estão na coluna Começo de Conversa.