Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 03 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 03 de novembro de 2020.
Notícia da edição impressa de 03/11/2020.
Alterada em 03/11 às 16h25min

A campanha eleitoral no Largo Glênio Peres

LUIZA PRADO/JC
O Largo Glênio Peres nunca esteve tão colorido quanto nesta campanha eleitoral. São dezenas de barracas e estandes com militantes, apoiadores e, eventualmente, eleitores amontoados vendendo seu candidato. Ficar neste espaço por algum tempo mostra que a maior parte das pessoas passa sem segurar santinhos. Quem pega normalmente é para ficar com a "cola" para usar na urna no dia da votação.
O Largo Glênio Peres nunca esteve tão colorido quanto nesta campanha eleitoral. São dezenas de barracas e estandes com militantes, apoiadores e, eventualmente, eleitores amontoados vendendo seu candidato. Ficar neste espaço por algum tempo mostra que a maior parte das pessoas passa sem segurar santinhos. Quem pega normalmente é para ficar com a "cola" para usar na urna no dia da votação.

Primeiro plano

As últimas pesquisas sobre a disputa pela prefeitura de Porto Alegre têm mostrado o crescimento da candidatura de Manuela d'Ávila (PCdoB), que aparece na liderança. Estão em empate técnico, em segundo lugar, José Fortunati (PTB), Sebastião Melo (MDB) e Nelson Marchezan Júnior (PSDB). A soma das intenções de voto deles ultrapassa com folga o percentual de Manuela, o que não deixa de ser uma simulação primária para o 2º turno.

Plano geral

Ocorre que, na prática, a teoria é outra. A soma dos demais candidatos de esquerda deverá ir para Manuela, um complicador para quem acha que ela perde automaticamente no 2º turno. Há outro detalhe: o de confundir piso com teto, erro comum. Além disso, poderemos ter voto útil já no 1º turno.

Até que enfim

Depois de sete anos, finalmente foi concluída a trincheira da avenida Cristóvão Colombo, mais um dos tantos exemplos de como obras públicas costumam atrasar, por um motivo ou outro. É a triste sina deste País, para azar dos contribuintes.

Processo ioiô

Mais uma liminar, mais uma subida do ioiô jurídico em que se transformou o processo de impeachment do prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior (PSDB). Se não for cassada, desce de novo. Mesmo assim, o prazo fatal se aproxima. Tanto dinheiro e tempo perdidos. Bem, não deixa de ser obra pública.

O minuto e meio

Convém prestar atenção ao candidato do PSOL à prefeitura de São Paulo. Guilherme Boulos tem uma boa comunicação e seu jeito de expor ideias vem atraindo muitos eleitores. Ele tem o que a página insiste há muitos anos como essencial para um político: administrar uma ideia fechada, início, meio e fim, em até um minuto e meio, se preciso for.

Consultoria solidária

pg3 Projeto Wimbelemdom recebe consultoria do Hospital Moinhos de Vento

RAFAEL BERNARDES/DIVULGAÇÃO/JC
O Hospital Moinhos de Vento vai doar um projeto de consultoria com recomendações e protocolos de prevenção à Covid-19 para a retomada das atividades do WimBelemDon, iniciativa que há 20 anos promove a inclusão de crianças e jovens pelo tênis e outras práticas, em Porto Alegre. A ação marca o lançamento oficial da Consultoria Moinhos de Vento, amanhã.

Churrascarias no Centro

A propósito das churrascarias no Centro Histórico de Porto Alegre, alvo da Historinha de Sexta, cabe acrescentar que esta parte da cidade, que outrora foi nobre, teve, entre outras, a Hefeford e Duram, também na rua Riachuelo; e a Urca, na extensão do Mercado Público, extinta no alargamento da avenida Júlio de Castilhos; além da Zimmer, na rua Vigário José Inácio; e da Parobé, junto à praça.

Semana da bruxaria

O Halloween já passou, mas a bruxa ainda está solta. De hoje em diante, vai ser um período nervosíssimo para os mercados, e não só o de capitais. A eleição norte-americana nunca teve essa influência toda como está tendo agora. Lá como cá, o grenalismo também vige. Aliás, o mundo todo está assim, um grita mata, e o outro, esfola.

Por falar em eleição...

Os Estados Unidos já tiveram uma candidata presidencial mulher no século XIX, mais precisamente em 1884. Belva Lockwood também foi a primeira mulher na Suprema Corte norte-americana, em 1878.

Sean Bond Connery

A morte, aos 90 anos, do ator Sean Connery, não faz só lembrar que foi o rei dos filmes 007. Ele era tão ou até mais marcante que James Bond na vida real. Mesmo com mais de 80 anos, ainda arrancava suspiros de mulheres bem mais jovens. E a atriz Ursula Andress, saindo do mar de biquíni branco, até hoje está na retina dos homens que viram sua estreia em Moscou contra 007.

Quase quase

Em torno de 5,8 mil pessoas morreram vítimas da Covid-19 no Estado desde o início da pandemia. Em abril, o Instituto de Métricas da Universidade de Washington estimou que o Rio Grande do Sul teria 6,5 mil mortos até sexta-feira feira passada. Quase.

Homenagem a Mariante

Integrando-se à 66ª edição da Feira do Livro de Porto Alegre, a Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina (ASRM) vai homenagear seu Membro Honorário João Gomes Mariante, falecido no último dia 9 de agosto, aos 102 anos. A entidade, presidida por Carlos Henrique Menke, programou três encontros, em formato virtual, batizados como "Colóquios Decano João Gomes Mariante".

Miúdas

  • QUANTAS pessoas não puderam chorar seus mortos por causa da pandemia. Dupla tristeza.
  • REVIRAVOLTA da reviravolta: Ser Educacional fica mesmo com Fadergs e Uniritter.
  • FALECEU o ator Tom Veiga, 47 anos, que interpretava o papagaio Louro José, da apresentadora Ana Maria Braga.
  • ANA Maria dizia que Louro José/Tom era seu "filho em penas".
  • VAI começando a temporada das piscinas e, com ela, mais uma preocupação.
  • QUEM mal lê, mal ouve, mal fala, mal pensa (Monteiro Lobato).
Comentários CORRIGIR TEXTO
Fernando Albrecht
Fernando Albrecht
Informações exclusivas em notas curtas, objetivas e bem-humoradas. Bastidores da política, observações econômicas, causos do cotidiano e um olhar diferenciado sobre a vida urbana estão na coluna Começo de Conversa.