Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 15 de outubro de 2020.
Dia do Professor.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 15 de outubro de 2020.
Notícia da edição impressa de 15/10/2020.
Alterada em 14/10 às 21h41min

Lotação esgotada

FERNANDO ALBRECHT/ESPECIAL/JC
A campanha eleitoral voltou a colorir o Centro Histórico de Porto Alegre, em especial a Esquina Democrática. Com a profusão de camelôs e ambulantes que não ambulam, o calçadão da Rua Da Praia exige perícia dos pedestres para não abalroar um deles e seus badulaques. O que será que o novo (a) prefeito (a) vai fazer a respeito?
A campanha eleitoral voltou a colorir o Centro Histórico de Porto Alegre, em especial a Esquina Democrática. Com a profusão de camelôs e ambulantes que não ambulam, o calçadão da Rua Da Praia exige perícia dos pedestres para não abalroar um deles e seus badulaques. O que será que o novo (a) prefeito (a) vai fazer a respeito?

Os 76 passos

Com prefácio de Pedro Simon (MDB), o ex-presidente da Assembleia Legislativa Luiz Fernando Záchia (MDB) lança o livro Setenta e Seis Passos (Pubblicata), em que conta o inferno que passou por ter sido preso sem processo e sem denúncia. A juíza arquivou o caso após sete anos e meio, exatamente por não haver denúncia. O título remete às curtas caminhadas que fazia no corredor do presídio.

A iluminação

Cliente de banco perdeu seu cartão e foi na agência para pedir um novo e cancelar o antigo. Quem o atendeu perguntou se ele queria cancelar o antigo, o que parece óbvio até para uma samambaia. Ele explicou que podia ficar com os dois em aberto, que era difícil operar com ele por terceiros por causa das inúmeras senhas. Foi a vez do cliente ser samambaia, até que se fez a luz: pagaria duas anuidades.

Uma pedra no caminho

Há temores de que o sistema de pagamentos Pix possa desencadear uma moda de sequestros relâmpago para obrigar a vítima a transferir dinheiro para o criminoso. Infundado, a priori. A operação deixará rastro. Além disso, a quantidade de senhas e botões mais o nervosismo da vítima é de tal ordem que o assaltante vai desistir no meio do caminho.

Ensino à distância

O ensino à distância deveria ser uma saída emergencial, mas está sendo padrão no ensino presencial. Ninguém em sã consciência acha que um substitui o outro, salvo em emergências como a que vivemos. Para as instituições de ensino veem a calhar, pela grande diminuição de custos, e bota grande nisso.

Por falar em educação...

...durante mais de uma década, o senador carioca João Calmon viajou pelo país inteiro trazendo a tiracolo o seu mantra "Educação, vergonha nacional". Se já era assim nos anos 1950 e 1960, o que diria Calmon hoje?

Os caroneiros

Entre outras mirabolâncias, candidatos a vereador estão propondo aumento da renda mínima para além da capacidade do governo, e também há os que propõem algo na linha de um hospital por bairro, coisas assim. Pior que há quem acredite. E vote neles.

O projeto órfão I

Um vereador do PT de Ilhéus, Carlos Augusto "Augustão" Cardoso da Silva, fez forte discurso contra um projeto que seria votado em seguida, considerando-o absurdo e votou contra. Só que o projeto era de sua autoria.

Vantagem brasileira

O Brasil leva vantagem em relação a outros países na recuperação mais rápida da economia. Tivemos o dinheiro da emergência do governo federal, e o fato insólito de não ter opções de baixo risco para aplicar, todos dão prejuízo. Por isso, se usou a poupança para reformar casas e apartamentos e comprar imóveis. Isso fez a roda girar mais rápido do que o esperado.

O projeto órfao II

Um colega perguntou como explicava ter votado contra seu próprio projeto. Ele negou que fosse seu, e só se convenceu ao ler a assinatura. Mas manteve o voto. A história foi contada pelo jornalista Carlos Brickmann, do blog Chumbo Gordo.

Miúdas

  • AUMENTO de pessoas morando no litoral é bom para Porto Alegre. Esvazia a cidade.
  • DURANTE a pandemia, o negócio lavanderia aumentou muito. E não só para lavar roupas.
  • NA concessão do Parque Nacional dos Aparatos da Serra, uma coisa é certa. Turismo implica em destruição.
  • CARREGAR o cartão TRI pela internet é uma complicação.
  • BASTOU um expresso que logo vem abelha em boa parte das cafeterias do Centro.
  • ANTIGAMENTE elas gostavam de doces.
 

Vítimas em dobro

O episódio do habeas corpus a um líder do PCC, um complexo empresarial-criminal organizado de tal forma a dar inveja a grandes corporações, mostra mais uma vez como é frágil a nossa legislação criminal e penal. Mais do que isso, age a favor do bandido. Somos vítimas duplas, portanto.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Fernando Albrecht
Fernando Albrecht
Informações exclusivas em notas curtas, objetivas e bem-humoradas. Bastidores da política, observações econômicas, causos do cotidiano e um olhar diferenciado sobre a vida urbana estão na coluna Começo de Conversa.