Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 30 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 30 de julho de 2020.
Notícia da edição impressa de 30/07/2020.
Alterada em 29/07 às 21h11min

Ói nós aqui traveiz

FERNANDO ALBRECHT/ESPECIAL/JC
Na semana passada, a prefeitura de Porto Alegre anunciou que havia feito uma grande operação no Centro Histórico, aprendendo mercadorias sem procedência e falsificadas. Como sempre, enxugaram gelo. Ontem, os informais lotearam artérias do Centro, como a Rua da Praia. Enquanto isso, o comércio formal se estrepa, definha e faz das tripas coração para pagar os funcionários que restaram.
Na semana passada, a prefeitura de Porto Alegre anunciou que havia feito uma grande operação no Centro Histórico, aprendendo mercadorias sem procedência e falsificadas. Como sempre, enxugaram gelo. Ontem, os informais lotearam artérias do Centro, como a Rua da Praia. Enquanto isso, o comércio formal se estrepa, definha e faz das tripas coração para pagar os funcionários que restaram.

No fundo do poço

Proprietários de restaurantes chegam a implorar para que o prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) permita o funcionamento dos estabelecimentos, pelo menos entre 11h e 17h. Os sobreviventes não escondem mais que estão por um fio. Com a diminuição da velocidade nas internações, não tem como segurar a onda.

Por falar em abrir...

...circula por aí que Marchezan estaria disposto a permitir a reabertura, desde que o governador Eduardo Leite (PSDB) mude a cor da bandeira. A conferir.

Tudo em dia...

A prefeitura paga integralmente, nesta sexta-feira a folha salarial de julho. O valor bruto totaliza R$ 228,1 milhões e quita 100% das 33.994 matrículas, entre ativos, inativos e pensionistas. O que é uma boa notícia, sem dúvida.

...ou quase em dia

Do lado de cima da cidade, o governador Eduardo Leite quitou a folha de junho. Antes da pandemia, dizia-se que em breve duas folhas se acumulariam. Como a arrecadação deve ter caído barbaridade, Santa Rita de Cássia explica o milagre.

A coluna do Prestes

O vereador de Porto Alegre Ramiro Rosário (PSDB) apresentou emenda revogando a Lei Complementar nº 229, de 18 de julho de 1990, a chamada "Lei Olívio". Foi esta lei que autorizou a construção do Memorial Luís Carlos Prestes, bem como o fundo que foi criado para financiar a obra. "É uma lei que perdeu o seu objeto e deve ser tirada da lista das leis em vigência. Aliás, a meu ver esta lei nem deveria ter sido criada", explica Ramiro Rosário.

O azarado

A única pessoa que viu seu ouro perder valor e não lucrar nada com a alta foi o ex-governador carioca Sérgio Cabral (MDB). Os lingotes que valem quase R$ 4 milhões foram a leilão pelo Ministério da Justiça. Mau investimento, sem dúvida.

O Capitão Capeta

Como tudo neste país, até remédio é ideologizado. Caso da hidroxicloroquina, que passou a ser de direita, porque recomendada pelo presidente Jair Capeta Bolsonaro, na versão dos caçadores de bruxas. E também querem queimar todo o estoque, como se queimavam livros na Inquisição. Mesmo que sem ele, pessoas com malária e lúpus não teriam como se tratar.

De três que são quatro...

Não bastassem os problemões gerados pela pandemia, o Brasil vive uma espécie de colapso estrutural. Quando o Barão de Montesquieu pensou a separação entre os Poderes, jamais deve ter imaginado que um deles seria o Executivo de fato. Inclusive com direto a fazer censura prévia. Nem imaginava que até árvore fosse ideologizada.

...ao efeito ralador de coco

O barão também não sabia que um dos Três Poderes, o que deveria legislar de forma soberana dentro dos limites éticos, buscaria sem pejo o que o povo chama de tapetão, e que depois se queixaria da intromissão de um poder que são dois na realidade. E no meio dessa barafunda está o povo, mais ralado que coco em ralador de coco.

Médicos online

Em maio, a Unimed colocou à disposição dos 700 mil beneficiários e dos 6,8 mil médicos a plataforma Meu MédicOnline, que já possibilitou a realização de mais de 8 mil consultas virtuais em 60 dias e já ganhou a adesão de 1.216 médicos cooperados de 48 especialidades.

Banco de Alimentos

A campanha "Selfie do Bem", parceria do Supper Rissul com a Rede de Banco de Alimentos do Rio Grande do Sul, foi prorrogada até 6 de agosto. A ação, que marca os 21 anos da rede de supermercados, convoca os gaúchos a doarem suas selfies através do site www.selfiedobem.com.br. A cada foto postada, o Supper Rissul irá doar R$ 5 para a instituição.

Frouxidão penal

A Polícia Civil desbaratou esquema de falsificação de reais falsos. As cédulas eram de boa qualidade, A pena para este tipo de crime é entre três e 12 anos. Se pegar três, não cumpre um ano. Se pegar 12, com progressão de regime estará nas ruas na metade desse tempo. Como os presídios estão lotados, periga ficar na lista de espera.

Salvação da lavoura

Com crise e sem crise, com pandemia ou sem, com tempo ruim ou bom, a salvação da lavoura tem sido o agronegócio. O setor exportou 16,5% a mais no primeiro semestre em comparação com 2019.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Fernando Albrecht
Fernando Albrecht
Informações exclusivas em notas curtas, objetivas e bem-humoradas. Bastidores da política, observações econômicas, causos do cotidiano e um olhar diferenciado sobre a vida urbana estão na coluna Começo de Conversa.