Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 21 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 21 de julho de 2020.
Notícia da edição impressa de 21/07/2020.
Alterada em 20/07 às 21h16min

A sustentável leveza do ser

ROMAR RIGON/DIVULGAÇÃO/JC
O beija-flor é tão bonitinho quanto eficiente, uma máquina natural de voar. É a única ave que consegue voar para trás. Seu batimento cardíaco é tão alto que necessita constantemente de reabastecimento energético. Quando as flores escassearem pela ação humana, ele estará extinto.
O beija-flor é tão bonitinho quanto eficiente, uma máquina natural de voar. É a única ave que consegue voar para trás. Seu batimento cardíaco é tão alto que necessita constantemente de reabastecimento energético. Quando as flores escassearem pela ação humana, ele estará extinto.

Os visionários

A professora pergunta aos alunos o que pretendem ser no futuro. O primeiro a levantar a mão foi o Huguinho.

Quero ser fabricante de ampolas.

O segundo a responder foi o Zezinho.

Professora, quero ser fabricante de máscaras.

Mão bem erguida, foi a vez do Luizinho.

E eu quero fabricar respiradores.

Acenando inquieto desde o primeiro a falar, o Joãozinho falou alto e claro.

Puxa, não sobrou quase nada para mim. Só me resta fabricar termômetros.

I want you

Shane Christensen é o novo cônsul-geral dos Estados Unidos em Porto Alegre, responsável pelas relações bilaterais entre os EUA e os estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Entre as prioridades do diplomata está a parceria no combate ao coronavírus.

Sonho de uma noite de inverno

O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior (PSDB), disse que, se todos tivessem obedecido os decretos, não estaríamos discutindo o lockdown. É o famoso "se". De todos os sonhos, esse é o mais impossível. Se ninguém sonegasse, haveria dinheiro sobrando. Se ninguém se corrompesse, não teríamos essa chaga e por aí afora.

Sobre letalidades

Porto Alegre chegou à marca de 200 mortes por complicações causadas pelo coronavírus ao longo de quatro meses - mais de 80% tem comorbidades. Para ter uma visão mais definida do quadro, precisaria saber quantas pessoas morreram de gripe comum que evoluíram para doenças mais graves, como a pneumonia.

A saída do inferno

A discussão agora é como se dará a retomada da economia, se em V ou em U. A primeira é definida pelo desenho da letra, que é recuperação rápida, como acha o governo; a segunda é a queda, permanência no inferno e, depois de algum tempo, sobe reto para o céu de brigadeiro. Pela lógica, deve ser em U. Não se apaga as chamas do inferno de uma hora para outra.

Versão vertical...

...do abre-fecha é do engenheiro Sergio Kaminski. Ele usa como exemplo um dos mais antigos brinquedos que existem, o ioiô. Dois discos unidos entre si onde se ata um cordão. Deixa-se cair, ele desce, sobe para cair de novo. Boa essa. Dependendo da habilidade do jogador, dá para jogar por um tempão. Digamos por meses.

A grande descoberta

O ex-ministro da Fazenda Delfim Netto disse que o governo tem obrigação moral de manter uma renda mínima para a população que vive em situação precária. "No fundo, essa pandemia nos levou a descobrir 38 milhões de invisíveis. Não existem mais condições morais de ignorá-los", ressaltou, em entrevista ao Poder em Foco do SBT.

Elo de ligação

Novas lideranças integram a gestão 2020-2023 do Sistema Fiergs. Uma delas é Mauricio Harger, diretor-geral da CMPC, que assumiu a vice-presidência da Regional Metropolitana da Federação das Indústrias, e passa a atuar como um elo entre os interesses do segmento industrial gaúcho e da entidade.

Festa diferente

Filha caçula do vereador Airto Ferronato (PSB), Manuella completou 15 anos agora em julho e ficaria sem comemoração. Para a data não passar em branco, na noite do aniversário, amigos e familiares foram de carro até a frente da residência da jovem e fizeram a doação de alimentos, roupas e ração para cachorro. Foram arrecadados mais de 800 kg em donativos.

No limite da sanidade

Apesar da proibição de estacionar em área azul, a determinação não está sendo desobedecida em grande parte. Não tem como fiscalizar todas elas. As pessoas saem por um motivo ou outro, quanto mais não seja para manter a sanidade.

Os fatos como eles são

A Fiocruz não recomenda o uso da cloroquina. Parte dos pesquisadores e especialistas são a favor. A Organização Mundial da Saúde admite que o uso deva ser estudado. Médicos que estão na linha de frente no combate ao vírus se dividem, outros alertam sobre efeitos colaterais. Não seria exagero dizer que estão mais perdidos que cego em tiroteio neste particular.

Portanto...

...não peguem tão pesado no povo que duvida da eficácia e estratégia do combate ao vírus. Ele olha para cima e conclui que, se nem os doutores são concordes no que ele acha que deveriam ter certeza, então todo o mais também pode estar errado. Assim, conclui filosoficamente o ditado que tantas vezes usa: o que não tem remédio, remediado está.

Perigo real...

...e imediato. Com tudo fechado, dizer que tem gente que vai passar fome não será mais força de expressão, bem como a "vai quebrar tudo". Fosse adotado no início da pandemia, a população poderia entender com mais facilidade. Mas hoje, com o abre-fecha ou o vai-e-volta, o medo está sendo substituído pela exasperação. Nesse estágio, a tendência é chutar o pau da barraca e descontar em alguém.

A verdade de cada um

Infectologistas e epidemiologistas são catastróficos por natureza da especialidade. Está no DNA cultivado nos tempos de faculdade e engordado pelos anos de prática. E tem que ser. Não significa que estejam sempre certos.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Fernando Albrecht
Fernando Albrecht
Informações exclusivas em notas curtas, objetivas e bem-humoradas. Bastidores da política, observações econômicas, causos do cotidiano e um olhar diferenciado sobre a vida urbana estão na coluna Começo de Conversa.