Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 18 de junho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 18 de junho de 2020.
Notícia da edição impressa de 18/06/2020.
Alterada em 17/06 às 22h03min
CORRIGIR

Unidos venceremos

JOEL VARGAS/ALRS/JC
Em visita institucional ao comandante militar do Sul, general Valério Stumpf Trindade, o presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo (PP), e o procurador-geral de Justiça do Estado, Fabiano Dallazen, apresentaram a ideia de uma mobilização interinstitucional contra a Covid-19 no Rio Grande do Sul. É o primeiro passo para ampliar a rede de mobilização.
Em visita institucional ao comandante militar do Sul, general Valério Stumpf Trindade, o presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo (PP), e o procurador-geral de Justiça do Estado, Fabiano Dallazen, apresentaram a ideia de uma mobilização interinstitucional contra a Covid-19 no Rio Grande do Sul. É o primeiro passo para ampliar a rede de mobilização.

Um sopro de vida

Depois de longo e tenebroso inverno, o prédio que abrigava o Centro de Eventos do Plaza São Rafael volta à vida a partir de hoje. Abrigará o CCG Saúde, antigo Centro Clínico Gaúcho. Como se recorda, não houve acerto entre o Plaza e a Paróquia São José, então proprietária do prédio da rua Alberto Bins. É um sopro de vida no Centro Histórico de Porto Alegre.

A campanha do doutor Dinarte

Completou dois meses a campanha do advogado e ex-garçom do Bar do Beto, Dinarte Valentini: a rede de solidariedade para os mais atingidos pela pandemia. Foram doados 7,5 mil quilos de alimentos, 500 cestas básicas, roupas e cobertores. E vem mais, porque tem muita gente necessitada e carente. Como disse o passarinho que deitou uma gota no incêndio florestal, estou fazendo minha parte. Dinarte faz a sua.

O paraíso das doenças

Quando a seleção canarinho venceu pela terceira vez a Copa do Mundo, em 1970, uma orgulhosa marchinha ressoava nas rádios, cuja letra começava com "Noventa milhões em ação...". Hoje, somos mais de 200 milhões. A população mundial era de 3,03 bilhões de almas; hoje, passa de 7,3 bilhões. As grandes cidades chegam a ter 50 quilômetros de raio. É o sonho de consumo de qualquer vírus.

Sopão positivo

A retomada da abertura de aeroportos e voos é cada vez maior. A British Airways solicitou à Anac a volta de voos, inicialmente entre Londres e Guarulhos. Os mercados bursáteis mundiais abriram ontem com a sensação de que o pior já passou nos Estados Unidos. O molho desse ensopado otimista é a descoberta de novas drogas na luta contra o vírus.

Boa medida

O prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal (PP), enviou projeto para a Câmara de Vereadores propondo a queda do ISS do município para 2%. Até agora, a taxa ficava entre 3% e 4%.

A saída onde fica?

Reina grande expectativa sobre o que dirá o governador Eduardo Leite (PSDB) na live que a Associação Comercial de Porto Alegre (ACPA) promove amanhã, das 14h às 15h. O tema será coronavírus, impacto na economia gaúcha e como sair dessa bronca.

A de antes..

Afora o fato de serem vírus, é desmedida a comparação entre gripe espanhola, que matou um terço da população mundial, e coronavírus. De resto, vírus vem de pai para filho desde tempos imemoriais. A espanhola surgiu nos estertores da Primeira Guerra Mundial, que devastou a Europa. Eram condições para vírus nenhum botar defeito.

...e a de agora

Junte-se a esse quadro fome, desnutrição e, o pior, precariedade do saneamento básico. O esgoto corria livre nas ruas. Cirurgias eram feitas sem luvas ou esterilização de instrumentos. A medicina descobria causas, mas as soluções eram poucas. E, para registrar uma outra coisa em comum, usava-se máscaras, como se viu nas fotos das matérias do JC sobre a gripe espanhola.

Batata quente

O Capitão tem o dom de se livrar de uma batata quente e, em seguida, tirar outra do forno. Livrar-se de um ministro da Educação que confunde s com z parece ser uma boa jogada, mas nomeá-lo embaixador é comprar outra briga. A Casa de Rio Branco exige prática e habilidade, e Weintraub não tem nenhuma delas.

De volta às quatro linhas

O presidente Jair Bolsonaro deve assinar a MP que permite a volta do futebol, Gauchão incluído. A vontade de ver futebol novamente é tamanha que até um jogo entre o Arranca Toco FC e o Unidos da Várzea vai parecer final do Brasileirão.

Carreiras jurídicas

A Escola Superior da Advocacia Pública do Estado do Rio Grande do Sul promove hoje, às 19h, live sobre a representatividade nas carreiras jurídicas. O evento on-line será transmitido pelo canal Apergs TV e terá representantes que atuam pela igualdade racial.

Escritórios de advocacia

A OAB-RS solicitou ao prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior (PSDB), reconsideração sobre o fechamento dos escritórios de advocacia. À luz da permissão de outros estabelecimentos de toda ordem, parece um pleito justo.

No limite do rompimento

Para uma parte dos casais em isolamento, as relações afetivas estão mais esticadas que corda de violino. O estresse anaboliza conflitos latentes e até os cria. As Varas de Família vão ter muito trabalho pela frente.

Comentários
Fernando Albrecht
Fernando Albrecht
Informações exclusivas em notas curtas, objetivas e bem-humoradas. Bastidores da política, observações econômicas, causos do cotidiano e um olhar diferenciado sobre a vida urbana estão na coluna Começo de Conversa.