Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 28 de dezembro de 2018.
Dia do Petroquímico. Dia do Salva-Vidas.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Edição impressa de 28/12/2018. Alterada em 27/12 às 23h28min

A obra do século I

ACERVO MUSEU JOAQUIM FELIZARDO /DIVULGAÇÃO/JC
Não pela imponência, mas pela demora da conclusão. A revitalização do prédio que abrigava os antigos cinemas Imperial e Guarany se arrasta há mais de uma década e a única coisa que muda são as propagandas colocadas no tapume. Várias desculpas pelo atraso foram divulgadas nestes anos, incluindo uma pedra enorme no fundo do prédio, que está sempre alagado. Teoricamente é reforma a cargo da Fundação Caixa e/ou o Mnumenta. 

A obra do século II

Na foto mais antiga, dos anos 1950, aquela região da Rua da Praia fervia até noite alta, porque, à época, os cinemas ofereciam a sessão das 22h. Ao lado ficava a Padaria e Lancheria Matheus, cujo sanduíche de pernil cortado na hora gozava de fama intermunicipal. Ele e o cachorro-quente com molho. Para acompanhar, servia-se batida de abacate ou de banana. Ressalte-se que o vaivém na Praça da Alfândega avançava a madrugada.

Ordem no Centro

O Sindilojas Porto Alegre apoiou ação desta quinta-feira da Guarda Municipal, em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e suporte do 9º BPM, que coibiu o comércio irregular na área central. Foram 100 agentes na operação. Os empregados do comércio formal agradecem. Pena que seja provisório e que o Centro Histórico não possa mais ser um Centro de verdade. 

Na torcida

Governadores têm sido mais goleiros do que atacantes nos últimos tempos, especialmente em estados cuja dívida é impagável e a arrecadação não dá nem para pagar a folha. A torcida é que, em 2019, todos os goleiros passem a atuar também no ataque.
 

Pela saúde

A ex-governadora Yeda Crusius (PSDB) indicou ao Orçamento Geral da União R$ 15,5 milhões em emendas para municípios gaúchos. A maioria é destinada ao custeio na saúde. Em Porto Alegre, serão aplicados R$ 2 milhões. Entre os contemplados, o Hospital Beneficência Portuguesa, o Instituto de Cardiologia e o Instituto de Ciências Básicas da Saúde da Ufrgs. 

De olho no Paço

Reconhecido pelas suas qualidades de orador, o vereador Valter Nagelstein (MDB) revelou-se competente articulador na presidência da Câmara Municipal de Porto Alegre. Deixou de lado a impetuosidade que o caracteriza como bom polemista para construir soluções para grandes questões da cidade, como a lei das antenas. Nagelstein passa a presidência para a vereadora Mônica Leal (PP) em 3 de janeiro, credenciado para voos mais altos. Leia-se prefeitura da Capital em 2020. 

Pets abandonados

Sem espaço para novos animais, a ONG Patas Dadas, que acolhe cachorros e gatos abandonados, fechou as portas de sua sede em Porto Alegre na véspera do Natal. O grupo de voluntários pede doações para seguir funcionando - o canil está superlotado e a instituição está endividada com clínicas veterinárias parceiras. Confira a matéria completa

Historinha de sexta

O Café Rihan reinou absoluto por duas décadas no Centro Histórico de Porto Alegre. Localizado na Rua da Praia, onde hoje está a Panvel do Calçadão, chegou a vender 4 mil cafezinhos por dia. Todo mundo ia lá, políticos, empresários, intelectuais, enfim tout le monde. Entre eles estavam dois amigos de infância. Ambos fizeram vestibular para Direito, um passou e se transformou em um brilhante advogado; o outro não logrou êxito, então virou um empresário. Todas as manhãs eles se encontravam no Rihan para levar dois dedos de prosa. O empresário sempre pagava a despesa.
O empresário, que nunca escondeu sua frustração por não ser advogado, fazia perguntas e mais perguntas de caráter jurídico ao amigo, que respondia de bom grado. Os anos se passaram e um dia o empresário morreu. Contrito, o irmão em cafezinho foi ao velório. Não conhecia ninguém da família. Lá pelas tantas, um sócio do finado contou em vez alta alguns causos do falecido.
- A gente não gastava quase nada com advogado na firma. Meu sócio resolvia as dúvidas jurídicas com um amigo, falando com um brilhante advogado. E dizia que era o advogado mais barato do mundo - só custava um cafezinho.

Miúdas

BODYTECH Company no Iguatemi inaugura dia 22 de janeiro. É a 102ª unidade em operação. Sócio local é Paulo Afonso Feijó.
PUCRS homenageia nesta sexta, às 11h, o ministro Eliseu Padilha (MDB) com a Medalha Ir. Afonso por contribuição ao desenvolvimento da universidade.
SARTORÃO está se despedindo em grande estilo. Quinta-feira entregou 202 novas viaturas para a Brigada, IGP e Susepe.
SE a Loja Havan colocasse réplica do Laçador em vez da Estátua da Liberdade, o fundamentalismo guasca aprovaria?
CENTRO Obstétrico do Hospital Divina Providência está fechado devido à superlotação na UTI Neonatal. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
A obra do século I - Jornal do Comércio
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 28 de dezembro de 2018.
Dia do Petroquímico. Dia do Salva-Vidas.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Edição impressa de 28/12/2018. Alterada em 27/12 às 23h28min

A obra do século I

ACERVO MUSEU JOAQUIM FELIZARDO /DIVULGAÇÃO/JC
Não pela imponência, mas pela demora da conclusão. A revitalização do prédio que abrigava os antigos cinemas Imperial e Guarany se arrasta há mais de uma década e a única coisa que muda são as propagandas colocadas no tapume. Várias desculpas pelo atraso foram divulgadas nestes anos, incluindo uma pedra enorme no fundo do prédio, que está sempre alagado. Teoricamente é reforma a cargo da Fundação Caixa e/ou o Mnumenta. 

A obra do século II

Na foto mais antiga, dos anos 1950, aquela região da Rua da Praia fervia até noite alta, porque, à época, os cinemas ofereciam a sessão das 22h. Ao lado ficava a Padaria e Lancheria Matheus, cujo sanduíche de pernil cortado na hora gozava de fama intermunicipal. Ele e o cachorro-quente com molho. Para acompanhar, servia-se batida de abacate ou de banana. Ressalte-se que o vaivém na Praça da Alfândega avançava a madrugada.

Ordem no Centro

O Sindilojas Porto Alegre apoiou ação desta quinta-feira da Guarda Municipal, em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e suporte do 9º BPM, que coibiu o comércio irregular na área central. Foram 100 agentes na operação. Os empregados do comércio formal agradecem. Pena que seja provisório e que o Centro Histórico não possa mais ser um Centro de verdade. 

Na torcida

Governadores têm sido mais goleiros do que atacantes nos últimos tempos, especialmente em estados cuja dívida é impagável e a arrecadação não dá nem para pagar a folha. A torcida é que, em 2019, todos os goleiros passem a atuar também no ataque.
 

Pela saúde

A ex-governadora Yeda Crusius (PSDB) indicou ao Orçamento Geral da União R$ 15,5 milhões em emendas para municípios gaúchos. A maioria é destinada ao custeio na saúde. Em Porto Alegre, serão aplicados R$ 2 milhões. Entre os contemplados, o Hospital Beneficência Portuguesa, o Instituto de Cardiologia e o Instituto de Ciências Básicas da Saúde da Ufrgs. 

De olho no Paço

Reconhecido pelas suas qualidades de orador, o vereador Valter Nagelstein (MDB) revelou-se competente articulador na presidência da Câmara Municipal de Porto Alegre. Deixou de lado a impetuosidade que o caracteriza como bom polemista para construir soluções para grandes questões da cidade, como a lei das antenas. Nagelstein passa a presidência para a vereadora Mônica Leal (PP) em 3 de janeiro, credenciado para voos mais altos. Leia-se prefeitura da Capital em 2020. 

Pets abandonados

Sem espaço para novos animais, a ONG Patas Dadas, que acolhe cachorros e gatos abandonados, fechou as portas de sua sede em Porto Alegre na véspera do Natal. O grupo de voluntários pede doações para seguir funcionando - o canil está superlotado e a instituição está endividada com clínicas veterinárias parceiras. Confira a matéria completa

Historinha de sexta

O Café Rihan reinou absoluto por duas décadas no Centro Histórico de Porto Alegre. Localizado na Rua da Praia, onde hoje está a Panvel do Calçadão, chegou a vender 4 mil cafezinhos por dia. Todo mundo ia lá, políticos, empresários, intelectuais, enfim tout le monde. Entre eles estavam dois amigos de infância. Ambos fizeram vestibular para Direito, um passou e se transformou em um brilhante advogado; o outro não logrou êxito, então virou um empresário. Todas as manhãs eles se encontravam no Rihan para levar dois dedos de prosa. O empresário sempre pagava a despesa.
O empresário, que nunca escondeu sua frustração por não ser advogado, fazia perguntas e mais perguntas de caráter jurídico ao amigo, que respondia de bom grado. Os anos se passaram e um dia o empresário morreu. Contrito, o irmão em cafezinho foi ao velório. Não conhecia ninguém da família. Lá pelas tantas, um sócio do finado contou em vez alta alguns causos do falecido.
- A gente não gastava quase nada com advogado na firma. Meu sócio resolvia as dúvidas jurídicas com um amigo, falando com um brilhante advogado. E dizia que era o advogado mais barato do mundo - só custava um cafezinho.

Miúdas

BODYTECH Company no Iguatemi inaugura dia 22 de janeiro. É a 102ª unidade em operação. Sócio local é Paulo Afonso Feijó.
PUCRS homenageia nesta sexta, às 11h, o ministro Eliseu Padilha (MDB) com a Medalha Ir. Afonso por contribuição ao desenvolvimento da universidade.
SARTORÃO está se despedindo em grande estilo. Quinta-feira entregou 202 novas viaturas para a Brigada, IGP e Susepe.
SE a Loja Havan colocasse réplica do Laçador em vez da Estátua da Liberdade, o fundamentalismo guasca aprovaria?
CENTRO Obstétrico do Hospital Divina Providência está fechado devido à superlotação na UTI Neonatal. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia