Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 29 de novembro de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Edição impressa de 29/11/2018. Alterada em 28/11 às 22h22min

Sob mesma direção

ITAMAR AGUIAR/DIVULGAÇÃO/JC
A Federasul escolheu ontem sua nova diretoria para a gestão 2019/2020. A Assembleia Geral Ordinária elegeu uma diretoria mais enxuta, com 12 vice-presidentes, sendo sete com áreas específicas, além dos regionais, que também encolheram, passando de 24 para 19 regiões. A presidente Simone Leite foi reconduzida ao cargo por aclamação pelas 112 entidades filiadas. Com isso, comandará a Federasul pelos próximos dois anos.
 

Estelionato educacional


EUGENIO NOVAES/CFOAB/DIVULGAÇÃO/JC
Em encontro com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), o presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, pediu atenção especial ao Ministério da Educação para evitar o que considera ter sido um "verdadeiro estelionato educacional", a autorização desenfreada para funcionamento de faculdades de Direito pelo Brasil sem qualquer qualificação, mesmo com parecer contrário da Ordem.
 

No Tá na Mesa da Federasul...

Os três palestrantes do Tá na Mesa da Federasul de ontem arrancaram aplausos na mesma intensidade da grande votação que fizeram. O senador eleito Luis Carlos Heinze (PP) e os deputados federal Marcel van Hattem (Novo) e estadual tenente-coronel (do Exército) Luciano Zucco (PSL) foram interrompidos várias vezes. Zucco, que falou sobre a criminalidade e seu combate, teve sua fala atalhada por palmas cerca de 10 vezes.

...o prato do dia foram aplausos

Nenhum dos três é amador na arte de conquistar plateias, o que mostra que não é por acaso que são campeões de votos. Heinze pretende privilegiar hidrovias, ferrovias e até a construção de um porto em Torres, sem demérito para o do Rio Grande, salientou (matéria na página 20). Marcel van Hattem historiou sua luta e convicções fortemente contrários às da esquerda, especialmente do PT.

Lucros de sangue I

No livro Lucros de sangue (Matrix Editora), a venezuelana-americana Vanessa Neumann, especialista em comércio ilícito, explica como a compra de produtos ilegais aparentemente inofensivos, como cigarros e combustíveis contrabandeados, bolsas e medicamentos falsificados, alimenta o crime organizado em países como México, Paraguai e Brasil.

Lucros de sangue II

O livro ganhou um capítulo especial sobre o Brasil. Nele, Vanessa faz revelações surpreendentes sobre as atividades criminosas na Tríplice Fronteira envolvendo o PCC, maior facção criminosa do Brasil, e o grupo terrorista Hezbollah. A autora mostra também a associação de venda de produtos piratas à imigração ilegal via México para os Estados Unidos.

Campeão de vendas

É de cair o queixo. Em vez de smartphones e eletrônicos, a Lojas Americanas registrou uma venda recorde de... balas da marca Fini. As balinhas caíram no gosto dos consumidores. Maior vendedora de balas Fini do mundo, a loja apresentou crescimento de mais de 40% na venda do produto em relação ao mesmo evento, em 2017.

Feliz aniversário

O Sindicato do Ensino Privado do Rio Grande (Sinepe-RS) comemora 70 anos no próximo dia 3 de dezembro. "Lutamos pela defesa incondicional da liberdade de ensinar e pelo direito incondicional da livre iniciativa na educação", afirma o presidente do sindicato, Bruno Eizerik.

O bom velhinho

O indulto de Natal é uma das incompreensíveis coisas nossas. As polícias têm um trabalhão para prender criminosos; o Ministério Público, um trabalhão para denunciá-los; o Judiciário, um trabalhão para julgá-los, e eis que chega uma esquisita bondade natalina que os deixa livres. Ninguém perguntou às vítimas e familiares se concordam com a medida. Citando Olavo Bilac: "Criança! Nunca verás um país como este".

Miúdas

  • JAMMER é uma das marcas de bloqueadores de sinal que impedem o travamento das portas dos carros.
  • COMO ele tem venda livre pela internet, o remédio é checar se a porta está mesmo travada depois de acionar o controle.
  • PARA comemorar: o Índice de Confiança do Empresário da Construção alcançou o maior valor desde maio de 2012.
  • ROTA do Sol está cheia de buracos, queixam-se leitores. Domesticamente, o mesmo vale para a rua Barão de Santo Ângelo.

Finais

  • VERO, rede de adquirência do Banrisul, lança plano com máquina de cartão grátis com a máquina móvel POS 3G Wi-Fi.
  • RECEITA Federal será homenageada hoje/14h no Grande Expediente da Assembleia Legislativa, proposição deputado Frederico Antunes (PP).
  • LOJA Karsten (cama, banho, mesa, decoração), com 136 anos de atuação, está agora na avenida Nilo Peçanha, 710.
  • ESCALA City integra shortlist do Prêmio Colunistas em diversas categorias.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Rudy Boger 29/11/2018 16h00min
SENADOR HEINZE: porto em Torres? Mas senador, que decepção, fui seu eleitor.. Qualquer porto só funciona bem com FERROVIA!
Carlos Alberto 29/11/2018 11h32min
Caro Jornalista bom dia. Este indulto de Natal é uma das maiores aberrações que acontece no Brasil. Não tem explicação. Vão soltar presos que deveriam mofar na cadeia. Soltar porque? Pela iniciativa "humanóide" do fraco Presidente. E os presos na Lava Jato. Vão liberá-los? Tem que sair deste pais, apagar a luz e jogar a chave no mar. Absurdo, vergonha, decepção..... E a gente trabalhando, pagando impostos, etc.....NOJO.