Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 19 de outubro de 2018.
Dia do Profissional de Informática. Dia da Inovação.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Edição impressa de 19/10/2018. Alterada em 18/10 às 22h21min

Eu era assim...

ACERVO MUSEU JOAQUIM FELIZARDO/DIVULGAÇÃO/JC
Perdeu toda a graça. Você precisa driblar e se esgueirar entre camelôs e ambulantes que não ambulam, dar curva em pedintes porque se desse um troco para todos, acabaria com o dinheiro em pouco tempo. Antes, os homens viravam a cabeça para admirar o movimento, hoje vira-se a cabeça para ver se o assaltante não está na sua cola.
 

...fiquei assim


FERNANDO ALBRECHT/ESPECIAL/JC
Perdeu toda a graça. Você precisa driblar e se esgueirar entre camelôs e ambulantes que não ambulam, dar curva em pedintes porque se desse um troco para todos, acabaria com o dinheiro em pouco tempo. Antes, os homens viravam a cabeça para admirar o movimento, hoje vira-se a cabeça para ver se o assaltante não está na sua cola.

Há sinceridade nisso?

Em ano eleitoral vale tudo para os candidatos buscarem votos em nichos de mercado, especialmente quando o alvo colimado é religião, entidades benemerentes etc., como comungar, ir a cultos evangélicos ou afro. As imagens dessas súbitas conversões chegam fartas à mídia. A divulgação deveria ser proibida por ser hipocrisia e demagogia puras.

Feliz aniversário

A Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre completa hoje 215 anos de sua fundação. O hospital mais antigo do Estado realiza mais de 6 milhões de procedimentos em saúde por ano, sendo mais de 60% deste volume direcionado a usuários do SUS. Quem neste mundo de Deus do Rio Grande do Sul não precisou e nem precisará da Santa Casa?

Os viajantes

Por 22 votos favoráveis e oito contrários, os vereadores da Capital aprovaram ontem projeto de resolução da Mesa Diretora que permite utilizar verba parlamentar ou de gabinete para representações e viagens externas. Até agora o regimento interno permitia viagens e representações somente por convite formal. Viajar abre horizontes, mas desde que não sejam apenas horizontes turísticos.

A vida na fronteira

Uma equipe da TV Nippon BS, de Tóquio, visitou a cidade de Porto Mauá, na fronteira com a Argentina, para mostrar a vida, a cultura e a alimentação das pessoas que moram em cidades fronteiriças em países do Cone Sul.

Líderes e Vencedores

A Federasul e a Assembleia Legislativa renovaram a parceria para mais uma edição do prêmio Líderes & Vencedores, que homenageia as boas iniciativas para o desenvolvimento do Estado. Os 15 agraciados serão conhecidos na segunda-feira.

Historinha de sexta

Pois foi num dia 2 de fevereiro de décadas atrás que um grupo de políticos cumpriu o ritual de ir à missa e benção de Nossa Senhora de Navegantes e depois cumprir o ritual profano de comer melancia e beber uma cachacinha, não necessariamente pela ordem.

A conversa era animada apesar das diferenças ideológicas. Nisto, chega à roda um simpática velhinha ostentado um olhar radiante e se pôs a examinar todos na roda. Ela volteou o rosto para um deles, notório por ter pego em armas no tempo do regime militar.

- Mas como o senhor tem cara boa, se vê logo que é do bem. O que o senhor faz, qual o seu emprego?

No início, o interlocutor falou genericamente, que era político e coisa e tal. Mas a idosa insistiu, queria saber mais e mais, o que exasperou o alvo.

- Já que a senhora quer saber, já dei tiro em milico, já metralhei quartel, soltei bomba...

E a velhinha olhando fixamente para ele e escondeu o sorriso.

- ...já roubei banco e explodi cofre, coisas assim.

Depois de algum tempo olhando a cara do político, ela falou.

- Logo vi que o senhor não prestava!

Miúdas

  • TRF-4 absolveu, por unanimidade, o prefeito de Gravataí, Marco Alba (MDB), das acusações de fraude/corrupção ativa e passiva/formação de quadrilha.
  • NA época, 2014, o ex-deputado frequentou as manchetes. Será que também as ganha agora que foi absolvido?
  • CANADÁ legalizou o uso da maconha a exemplo de outros países. No Uruguai parece que não deu muito certo.
  • AQUI a maconha não é liberada, mas é como se fosse. A fumaça da canabis briga com a fumaça causada pela poluição nas grandes cidades. 
  • UMA das vantagens pós-eleições é não precisar mais gastar um tempão limpando a caixa do WhatsApp.
  • NOVIDADES tecnológicas são assim. Para cada benefício, surgem pelo menos dois aborrecimentos.

Finais

  • ÓPTICA Foernges entregou brinquedos para o Instituto Ver, que cuida de crianças com deficiências visuais e das doenças que as causam.
  • PRAIA de Belas Shopping recebe hoje/10h homenagem na sede do 1º Batalhão de Polícia Militar pelo apoio ao trabalho desenvolvido pelo 1º BPM.
  • ENCONTRO Estadual de Tabeliães de Notas e Protestos do Rio Grande do Sul acontece nesta sexta e sábado no Laje de Pedra Hotel em Canela, com foco no debate sobre casamento e união estável.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia