Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 14 de janeiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 14 de janeiro de 2021.
14/01/2021 - 14h48min.
Alterada em 14/01 às 14h49min

General Motors se prepara para futuro 100% elétrico

A empresa vislumbra um mundo com zero acidente, zero emissão e zero congestionamento. A chave para tudo isso, segundo a GM, é a eletrificação.
A empresa vislumbra um mundo com zero acidente, zero emissão e zero congestionamento. A chave para tudo isso, segundo a GM, é a eletrificação.
“Hoje, a penetração global de mercado dos veículos elétricos (EVs) é de cerca de 3%. Acreditamos que tudo está prestes a mudar. Este momento provará ser um ponto de inflexão. O momento em que a dependência de veículos movidos a gasolina e diesel começará a transição para um futuro totalmente elétrico. E temos a tecnologia, o talento e a ambição para liderar essa mudança”, disse Mary Barra, CEO da General Motors, na palestra de abertura da CES 2021, maior feira de tecnologia do mundo.
Um dos trunfos que sustenta a afirmação do executivo é a “Ultium”, uma plataforma de EVs em hiperescala que pode transformar quase todos os tipos de veículos em elétricos. É uma combinação de arquitetura de bateria inovadora, sistemas de propulsão elétrica altamente flexíveis e uma célula de bateria comum que fornecerá energia a toda uma gama de carros eletrificados de nova geração.
“A base da nossa abordagem com essa plataforma é um design de célula único e comum que pode ser usado em todos os nossos veículos. As células são otimizadas para fornecer energia suficiente para vários projetos de automóveis. Fabricamos essas células internamente, como parte de uma joint venture com a LG Chem”, conta Mei Cai, gerente de laboratório da GM.
As células gerarão 60% mais capacidade de energia do que as existentes atualmente, e usarão um design retangular plano, que reduz o espaço entre elas e pode ser empilhado com mais eficiência em módulos, para maior densidade de energia em um espaço menor. As baterias permitirão até 724 quilômetros de autonomia com uma única carga, com custo quase 40% menor e com 25% menos peso do que as atuais.
Veículos comerciais também estão contemplados
No segmento de veículos comerciais, a General Motors aposta no “BrightDrop”, um novo negócio que reinventa a entrega comercial para um futuro totalmente elétrico, e que envolve uma parceria com a gigante do setor de logística FedEx Express.
A ideia é fornecer um ecossistema inteligente e conectado, dando aos clientes acesso a produtos, software, serviços e suporte para que transportem mercadorias da prateleira do armazém para a porta do consumidor, da forma mais eficiente e segura possível.
“Queremos que todos tenham a oportunidade de se juntar a nós e fazer parte deste movimento. Queremos que todos tenham a oportunidade de dirigir os veículos que estamos construindo. E que cada comunidade se beneficie de ruas mais seguras, silenciosas e verdes”, concluiu o CEO da General Motors, Mary Barra.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Vinicius Ferlauto
Vinicius Ferlauto
Acompanhe as informações do setor automotivo: lançamentos de veículos, inovações tecnológicas, investimentos industriais, ações de mercado, energias alternativas e o futuro da mobilidade. Tudo isso e mais em Automotor. Acelere comigo!