Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 18 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 18 de julho de 2020.
15/07/2020 - 16h45min.
Alterada em 15/07 às 16h45min

Grupo Renault cria empresa de infraestrutura para recarga de veículos elétricos

Intenção é, até o final do ano, ter atuação na França, Alemanha, Reino Unido, Suíça, Áustria e Holanda

Intenção é, até o final do ano, ter atuação na França, Alemanha, Reino Unido, Suíça, Áustria e Holanda


RENAULT/DIVULGAÇÃO/JC
A nova companhia, denominada Elexent, ajudará outras empresas a concretizar ou desenvolver seus projetos de frotas de veículos elétricos, fornecendo soluções de recarga prontas para o uso na Europa. Agindo em todas as etapas de implantação de uma infraestruturas de recarga, integra estratégias de otimização energética e a adoção de energias renováveis.
A nova companhia, denominada Elexent, ajudará outras empresas a concretizar ou desenvolver seus projetos de frotas de veículos elétricos, fornecendo soluções de recarga prontas para o uso na Europa. Agindo em todas as etapas de implantação de uma infraestruturas de recarga, integra estratégias de otimização energética e a adoção de energias renováveis.
A Elexent desenvolve soluções sob medida, adaptadas às necessidades e objetivos atuais e futuros de seus clientes, como a taxa de utilização dos veículos, objetivos financeiros, estratégia ambiental etc. Tais soluções são compatíveis com todos os tipos e todas as marcas de veículos elétricos.
Com isso, o novo braço do Grupo Renault tem condições de atuar junto a empresas pequenas ou médias, bem como grandes companhias que operam frotas de veículos elétricos ou híbridos recarregáveis. A lista inclui empresas de gestão de ativos, estacionamentos, shopping centers ou ainda órgãos públicos, que disponibilizam serviços de recarga aos seus clientes ou ao público em geral.
“A Elexent está derrubando outra grande barreira à eletrificação das frotas: a recarga. Ao facilitar os projetos de recarga para as empresas, reforçamos nossa estratégia de democratizar a mobilidade elétrica”, diz Gilles Normand, diretor de veículos elétricos e serviços de mobilidades do Grupo Renault.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Vinicius Ferlauto
Vinicius Ferlauto
Acompanhe as informações do setor automotivo: lançamentos de veículos, inovações tecnológicas, investimentos industriais, ações de mercado, energias alternativas e o futuro da mobilidade. Tudo isso e mais em Automotor. Acelere comigo!