Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 27 de março de 2020.
Dia Internacional do Teatro e Dia do Circo.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, sexta-feira, 27 de março de 2020.
Notícia da edição impressa de 27/03/2020.
Alterada em 27/03 às 03h00min
CORRIGIR

Pneu conectado da Goodyear reduz distância de frenagem

Tecnologia deverá estar disponível no mercado mundial em pouco tempo

Tecnologia deverá estar disponível no mercado mundial em pouco tempo


/GOODYEAR/DIVULGAÇÃO/JC
A fabricante promoveu, recentemente, estudos de campo com consumidores utilizando pneus conectados - 3 milhões de quilômetros foram rodados em estradas com esse objetivo. Equipados com sensores embutidos, tais pneus conseguem "se comunicar" com o veículo e a estrada e medir as características ideais de condução, ajudando a melhorar o desempenho e dirigibilidade.
A fabricante promoveu, recentemente, estudos de campo com consumidores utilizando pneus conectados - 3 milhões de quilômetros foram rodados em estradas com esse objetivo. Equipados com sensores embutidos, tais pneus conseguem "se comunicar" com o veículo e a estrada e medir as características ideais de condução, ajudando a melhorar o desempenho e dirigibilidade.
Os resultados iniciais mostraram que essa conectividade pode reduzir a distância das frenagens em até 30%, tanto em pneus novos como em usados. E, em carros elétricos ou autônomos, os pneus conectados devem proporcionar uma redução ainda maior, pois haverá uma comunicação entre o veículo e o composto.
O sistema inteligente de pneus conectados da Goodyear mede, em tempo real, desgaste, carga, pressão e temperatura, bem como as condições da superfície da estrada, permitindo que o veículo se ajuste e encontre uma resposta otimizada a esses dados. A tecnologia ainda não está disponível para o mercado, mas os testes da empresa continuam para viabilizá-la comercialmente em breve.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Vinicius Ferlauto
Vinicius Ferlauto
Acompanhe as informações do setor automotivo: lançamentos de veículos, inovações tecnológicas, investimentos industriais, ações de mercado, energias alternativas e o futuro da mobilidade. Tudo isso e mais em Automotor. Acelere comigo!