Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de agosto de 2019.
Dia do Economista .

Jornal do Comércio


Alterada em 13/08 às 16h41min
COMENTAR| CORRIGIR

Jaguar Land Rover quer monitorar e melhorar o bem-estar do motorista

O sistema escaneia as expressões faciais do condutor para determinar seu estado de espírito

O sistema escaneia as expressões faciais do condutor para determinar seu estado de espírito


JAGUAR LAND ROVER/DIVULGAÇÃO/JC
A empresa está pesquisando uma nova tecnologia de inteligência artificial (IA) para entender o estado de espírito do motorista enquanto ele dirige – e ajustar as configurações da cabine para melhorar seu bem-estar.
A tecnologia usa uma câmera voltada para o condutor e sensoriamento biométrico para avaliar o humor do motorista. Com base nisso, altera uma série de características da cabine, como os sistemas de aquecimento, ventilação e ar-condicionado, mídia e iluminação ambiente.
As configurações são modificadas em resposta às expressões faciais do condutor, para ajudar a combater o estresse. Pesquisas sugerem que mais de 70% das pessoas sentem-se estressadas ou sobrecarregadas todos os dias.
As adaptações podem incluir a mudança da iluminação ambiente para cores calmantes, caso o recurso detecte que o motorista está sob estresse; selecionar uma lista musical favorita, se forem identificados sinais de cansaço; e baixar a temperatura interna em resposta a bocejos ou outros sinais de cansaço.
A Jaguar Land Rover também está experimentando uma tecnologia semelhante para os passageiros do banco traseiro, com uma câmera montada no encosto de cabeça dianteiro - mas com objetivo inverso. Verificados sinais de cansaço, a tecnologia diminui as luzes, escurece as janelas e eleva a temperatura nas costas, tudo para ajudar o passageiro a dormir.
COMENTAR| CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

Vinicius Ferlauto

Acompanhe as informações do setor automotivo: lançamentos de veículos, inovações tecnológicas, investimentos industriais, ações de mercado, energias alternativas e o futuro da mobilidade. Tudo isso e mais em Automotor. Acelere comigo!