Porto Alegre, terça-feira, 21 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 21 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

- Publicada em 03h21min, 27/03/2020. Atualizada em 03h00min, 27/03/2020.

Arroz de pato

ingredientes

[quatro generosas porções]

1kg de coxas e sobrecoxas de pato

100ml de vinho branco

2 litros de caldo de legumes

1 xícara de azeite

1 colher (sopa) de alho poró picado

1 xícara de cebola picada

2 dentes de alho picadinhos

1 xícara de pimentão vermelho picado

2 xícaras de linguiça calabresa esfarelada

1 xícara de vinho tinto

1 colher (sopa) de curry

1 colher de açafrão da terra

1 xícara de azeitonas pretas sem caroço

1 xícara de shoyu

200g de arroz Carnaroli

modo de preparo

1Em uma caçarola, apenas selar as partes do pato, sem ficar mexendo, virando com pinça logo que adquira tons dourados.

2Adicionar metade do vinho branco, para aproveitar todo o fundo da panela, deixar que evapore o álcool e acrescentar caldo de legumes. Reservar.

3Aquecer o forno a 200° C, reduzir a 180° C e assar o pato de 40 a 50 minutos, até estar bem macio.

4Retirar, remover pele, ossos e cartilagens, sem desfiar a carne, separando-a em pedaços pequenos.

5De volta à caçarola, colocar cebola até ficar transparente, acrescentar alho poró e dourar os dentes de alho.

6Refogar pimentão, calabresa - sem dourar -, adicionar carne de pato e misturar com curry, açafrão e azeitonas.

7Por fim, derramar shoyu, vinho tinto e retirar do fogo logo antes de ferver.

8Refogar arroz em azeite até "estalar", adicionar o vinho branco restante e depois o caldo, com auxílio de uma concha, lentamente, como se faz para um risoto.

9Quando o arroz estiver quase al dente, juntar à caçarola a mistura com pato e finalizar o cozimento.

Comentários CORRIGIR TEXTO