Porto Alegre, domingo, 26 de julho de 2020.
Dia dos Avós.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 26 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

- Publicada em 03h38min, 13/09/2019. Atualizada em 17h23min, 19/03/2020.

Drama histórico brasileiro

Cleo Pires como Cecília Ruiz no longa Legalidade, de Zeca Brito

Cleo Pires como Cecília Ruiz no longa Legalidade, de Zeca Brito


/PRANA FILMES/DIVULGAÇÃO/JC
Em 1961, o governador Leonel Brizola lidera um movimento sem precedentes na história do Brasil: a Legalidade. O longa homônimo de Zeca Brito mostra a mobilização da população na resistência incitada pelo líder gaúcho para a posse do vice-presidente João Goulart, legítima pela Constituição Federal, após a renúncia de Jânio Quadros. Em meio ao iminente golpe militar, uma misteriosa jornalista - Cecília Ruiz, vivida por Cleo Pires - pode interferir nos rumos do País.
Em 1961, o governador Leonel Brizola lidera um movimento sem precedentes na história do Brasil: a Legalidade. O longa homônimo de Zeca Brito mostra a mobilização da população na resistência incitada pelo líder gaúcho para a posse do vice-presidente João Goulart, legítima pela Constituição Federal, após a renúncia de Jânio Quadros. Em meio ao iminente golpe militar, uma misteriosa jornalista - Cecília Ruiz, vivida por Cleo Pires - pode interferir nos rumos do País.
A personagem vive um triângulo amoroso com os irmãos Luís Carlos (antropólogo que lutou em Cuba) e Luís Antônio Oliveira, Tonho (outro jornalista). Cecília precisa produzir um perfil de Brizola para o Washington Post. 
O roteiro de Legalidade começou a ser desenvolvido em 2010 por Brito e Leo Garcia. A pesquisa teve como referências entrevistas com o ex-governador Alceu Collares, depoimentos e publicações dos jornalistas Carlos Bastos, Carlos Araújo, Flávio Tavares e Juremir Machado da Silva, além do documentário Brizola: Tempos de luta (2007), de Tabajara Ruas.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO