Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Jornal da Lei

COMENTAR | CORRIGIR

Judiciário

Edição impressa de 24/12/2018. Alterada em 24/12 às 02h30min

TJ-RS inaugura ampliação do Foro Regional da Restinga

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul inaugurou a ampliação do Foro Regional da Restinga na última quarta-feira. O fato viabilizará, de imediato, o retorno da prestação jurisdicional no bairro mais populoso da zona Sul de Porto Alegre, com cerca de 50 mil moradores, cujos processos foram transferidos para o Foro Regional da Tristeza no início das obras, em setembro de 2016. 
"O poder público não pode se eximir, se ausentar, e deixar a comunidade ao abandono", afirmou o desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro. As obras do foro incluíram reformas estruturais e de acabamento, melhor acessibilidade ao local, serviço de elevador a todos os quatro andares, acesso exclusivo para réus presos, instalação de sistema de vigilância por câmeras mais moderno, PPCI, revitalização da parte elétrica, acabamento de pisos, paredes e forros, entre outras.
A jurisdição criminal do Foro da Restinga, como também a dos demais foros regionais da Capital, funcionará no Foro Central I. A Vara Criminal e o JECrime do Foro Regional da Restinga será a 3ª Vara Criminal do Foro Central.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia