Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 18 de dezembro de 2018.
Dia Internacional do Migrante.

Jornal do Comércio

Jornal da Lei

COMENTAR | CORRIGIR

leitura

Edição impressa de 18/12/2018. Alterada em 18/12 às 01h00min

O futuro das Constituições

A força das manifestações de rua, a influência das mídias sociais e o poder das mobilizações são os elementos que deram origem ao livro "As Constituições estão mortas?". O livro analisa a verdadeira função das Constituições em meio aos novos movimentos sociais e efervescências políticas. O autor faz um resgate das recentes manifestações sociais, como é o caso dos protestos do Brasil em 2013, o Occupy Wall Street, e a Primavera Árabe. Com base nisso, busca uma reflexão sobre os problemas da sociologia do constitucionalismo moderno e questiona como as Constituições precisam passar por mudanças para acompanhar as evoluções.
As Constituições estão mortas? - Germano Schwartz, Lumen Juris, 272 páginas, preço sugerido R$ 90,00
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia