Porto Alegre, segunda-feira, 10 de janeiro de 2022.
Porto Alegre,
segunda-feira, 10 de janeiro de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Coluna

- Publicada em 21/12/2021 às 10h45min.

Sindiatacadistas apoia empregabilidade

Termo de cooperação foi assinado entre o presidente do Sindiatacadistas, Zildo De Marchi, e o presidente da FGTAS, Rogério Grade

Termo de cooperação foi assinado entre o presidente do Sindiatacadistas, Zildo De Marchi, e o presidente da FGTAS, Rogério Grade


/DIVULGAÇÃO/JC
O presidente do Sindiatacadistas, Zildo De Marchi, e o presidente da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social, Rogério Grade assinaram Termo de Cooperação objetivando fomentar junto às empresas do setor atacadista a divulgação de vagas e oportunidades de trabalho.
O presidente do Sindiatacadistas, Zildo De Marchi, e o presidente da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social, Rogério Grade assinaram Termo de Cooperação objetivando fomentar junto às empresas do setor atacadista a divulgação de vagas e oportunidades de trabalho.
O dirigente da FGTAS destacou na oportunidade, a importância da parceria, inédita na história da instituição. Já o presidente do Sindiatacadistas referiu o bom momento vivido pelo comércio atacadista gaúcho, devido à sua função estratégica de abastecedor do mercado consumidor durante a Pandemia, gerando desenvolvimento e postos de trabalho em todo o Estado.
Segundo destaca a gerente executiva do sindicato, Clarice Mielezarski, a FGTAS disponibiliza serviço de intermediação de mão de obra que possibilita o encontro mais rápido do trabalhador pretendido, pois a empresa pode divulgar as vagas, verificar e selecionar os currículos para os postos ofertados, de acordo com o perfil e suas necessidades. As empresas atacadistas poderão contar com o amplo banco de currículos dos balcões Cidadão e agências FGTAS/SINE de forma inteiramente gratuita.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO