Porto Alegre, sábado, 18 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 18 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Pesquisa

- Publicada em 03h19min, 07/07/2020. Alterada em 03h00min, 07/07/2020.

Brasileiro percorre, em média, 174 km até aeroporto

Terminais aeroportuários são equipamentos raros, localizados em poucos centros urbanos, forçando um maior deslocamento para quem precisa usar o transporte aéreo

Terminais aeroportuários são equipamentos raros, localizados em poucos centros urbanos, forçando um maior deslocamento para quem precisa usar o transporte aéreo


/MARIANA CARLESSO/arquivo/JC
Na média nacional, o brasileiro viaja 174 quilômetros para chegar ao aeroporto mais próximo de onde mora e percorre 78 quilômetros para fazer suas compras habituais de roupas e calçados, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados são da pesquisa Regiões de Influência das Cidades (Regic) referente a 2018.
Na média nacional, o brasileiro viaja 174 quilômetros para chegar ao aeroporto mais próximo de onde mora e percorre 78 quilômetros para fazer suas compras habituais de roupas e calçados, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados são da pesquisa Regiões de Influência das Cidades (Regic) referente a 2018.
Pela metodologia da Regic, os deslocamentos são medidos conforme a distância linear, no mapa, entre a cidade de moradia e a cidade de destino para realizar determinada atividade. A versão de 2018 da pesquisa já havia apontado que, em média, o brasileiro percorre 72 quilômetros para receber atendimento médico de baixa e média complexidade - exames clínicos, serviços ortopédicos e neurológicos, fisioterapia e pequenas cirurgias que não envolvam internações - e viaja 155 quilômetros atrás de atendimento de alta complexidade. Os dados referentes à saúde foram divulgados antecipadamente, em abril, para ajudar no enfrentamento da pandemia de covid-19.
Em relação à infraestrutura de transportes, na média nacional, o brasileiro percorre 174 quilômetros para chegar ao aeroporto mais próximo. É a maior distância média percorrida entre todos os itens pesquisados pela Regic. Segundo o IBGE, isso ocorre porque aeroportos são equipamentos "raros", localizados em poucos centros urbanos. O estado com o maior deslocamento médio até o aeroporto foi Mato Grosso (com 284 quilômetros), seguido do Amazonas (273 quilômetros).
Sergipe (74 quilômetros) e Alagoas (114 quilômetros) têm os menores deslocamentos médios até o aeroporto, mas isso ocorre porque esses estados também são os menores em termos territoriais. Os estados que possuem aeroportos bem distribuídos em seu território, como Santa Catarina, São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro, têm deslocamentos abaixo da média nacional, entre 125 e 146 quilômetros.
No Rio Grande do Sul, a distância média de deslocamento até o aeroporto foi de 197 km, acima da nacional, o que demonstra um número reduzido de aeroportos no território estadual. Em todos os demais indicadores, as distâncias percorridas pelos gaúchos foram menores ou iguais às médias brasileiras.
Quando se trata da compra de móveis e eletroeletrônicos, o deslocamento médio em todo o País é de 73 quilômetros. A distância é inferior àquela registrada no caso do consumo de vestuário e calçados não porque há mais lojas de eletrodomésticos espalhadas pelo País, mas sim porque o comércio eletrônico, com compras via internet e entregas por frete, é mais utilizado nesses bens, diz o IBGE. 
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5eff856e87ad2', 'cd_midia':9088963, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/07/03/lg07001-9088963.jpg', 'ds_midia': ' ', 'ds_midia_credi': ' ', 'ds_midia_titlo': ' ', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '112', 'align': 'Left'}
Comentários CORRIGIR TEXTO