Porto Alegre, segunda-feira, 20 de julho de 2020.
Dia do Amigo.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 20 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Negócios corporativos

- Publicada em 03h22min, 19/05/2020. Alterada em 03h00min, 19/05/2020.

Braskem completa um ano de operação com Wilson Sons

Estão completando um ano as operações de transporte de resinas termoplásticas da Braskem no Tecon Santa Clara, no Polo Petroquímico de Triunfo. Administrado pela Wilson Sons, um dos maiores operadores integrados de logística portuária e marítima e soluções de cadeia de suprimento no mercado brasileiro, o terminal apresentou resultados positivos.
Estão completando um ano as operações de transporte de resinas termoplásticas da Braskem no Tecon Santa Clara, no Polo Petroquímico de Triunfo. Administrado pela Wilson Sons, um dos maiores operadores integrados de logística portuária e marítima e soluções de cadeia de suprimento no mercado brasileiro, o terminal apresentou resultados positivos.
Em 12 meses de operação multimodal, a Braskem movimentou 5.957 TEU (unidade correspondente a um contêiner de 20 pés) via Tecon Santa Clara. Cerca de 80% dos produtos transportados tiveram como destino os portos de Europa, América do Norte e América do Sul.
"A movimentação de barcaças de contêineres realizada pela Wilson Sons no Tecon Santa Clara representa a consolidação do uso de hidrovias no Estado como transporte até o porto do Rio Grande. A perspectiva de crescimento dessa operação é um novo futuro para a logística", destaca João Ruy Freire, Relações Institucionais da Braskem no Estado.
Em 2016, a parceria entre Tecon Rio Grande e Braskem reativou o Pier IV do Terminal Santa Clara e marcou a retomada do transporte de carga pelo rio Jacuí. Desde então, as cargas embarcadas em Triunfo são transportadas pela hidrovia até o Tecon Rio Grande para seguirem ao destino final.
O terminal atua com duas barcaças e quatro escalas semanais no Tecon Rio Grande. Os produtos - de importação, exportação e cabotagem - têm como principais origens ou destinos as cidades de Farroupilha, Carlos Barbosa, Garibaldi, Caxias do Sul, Veranópolis, Cruz Alta, Lajeado, Taquari, Serafina Corrêa. As cargas transportadas são, além de resinas, madeira, borracha, frango congelado, entre várias outras.
Desde o início das operações, o Tecon Santa Clara movimentou mais de 123 mil TEU. O terminal registrou crescimento na movimentação de 21% no primeiro trimestre de 2020 de contêineres cheios e vazios em comparação ao mesmo período de 2019. A navegação interior representa 8% das cargas exportadas e importadas pelo Tecon Rio Grande.
"O Tecon Santa Clara vem demonstrando sua eficiência, visto que o mercado identifica na navegação interior, cada vez mais, uma boa oportunidade. Os resultados do primeiro ano são frutos dessa parceria e ratificam a importância da presença da multimodalidade no Estado", comenta o diretor-presidente do Tecon Rio Grande e Tecon Santa Clara, Paulo Bertinetti. "Nossa infraestrutura e localização estratégica permitem movimentar, de forma sustentável, as cargas gaúchas com maior eficiência de custos logísticos e redução dos riscos de acidentes e avarias", avalia Bertinetti.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO