Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 06 de julho de 2018.

Jornal do Comércio

JC Logística

COMENTAR | CORRIGIR

Infraestrutura

Notícia da edição impressa de 06/07/2018. Alterada em 06/07 às 01h00min

Porto de Imbituba cresce 14% no primeiro semestre

No ano, terminal espera operar com 5 milhões
de toneladas

No ano, terminal espera operar com 5 milhões de toneladas


/PORTO DE IMBITUBA/DIVULGAÇÃO/JC
O porto de Imbituba fechou o primeiro semestre com a maior movimentação mensal de sua história, alcançando 554 mil toneladas em junho. Com esse resultado, o porto já apresenta crescimento acumulado de 14% nos seis primeiros meses de 2018, comparado ao mesmo período de 2017. O recorde anterior é de março de 2016, ano em que o porto registrou a maior movimentação desde o início de suas operações.
Quanto à representatividade das cargas, destaque para a movimentação de contêineres, que registrou aumento de, aproximadamente, 90% no período, principalmente pelo bom desempenho da Linha Ásia, que passou a escalar o porto em setembro de 2017. Ênfase também para a importação de sal ( 79%) e o coque não calcinado - derivado de petróleo ( 27%), além da exportação de bois vivos para a Turquia e do primeiro embarque do arroz em casca (produção regional) por um porto catarinense, realizada em maio para a Venezuela. As operações de longo curso (exportação e importação) cresceram, juntas, 12%. Também a navegação de cabotagem, apenas entre os portos brasileiros, subiu 15%.
Para Osny Souza Filho, diretor-presidente da SCPar Porto de Imbituba, autoridade portuária, os excelentes resultados que têm sido alcançados refletem a crescente qualificação da infraestrutura portuária e a retomada do desenvolvimento econômico da região. "Esse esforço empregado pela administração, em conjunto com o governo do estado de Santa Catarina, e com a parceria de toda a comunidade portuária, demonstra ao mercado, dia a dia, que o porto de Imbituba está preparado para atender seus clientes e inseri-los na rota comercial dos grandes negócios com agilidade e qualidade", completa Osny. Com a expectativa de manter o bom volume mensal de cargas, o porto de Imbituba espera fechar 2018 com recorde histórico de movimentação, alcançando, aproximadamente, 5 milhões de toneladas e registrando um crescimento de cerca de 10% em relação a 2017.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia