Porto Alegre, quarta-feira, 13 de outubro de 2021.
Dia do fisioterapeuta e do terapeuta ocupacional.
Porto Alegre,
quarta-feira, 13 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Opinião

- Publicada em 12/10/2021 às 19h26min.

Contabilidade, controladoria e gestão

Adauto Fröhlich, contador, sócio da Acessus Contabilidade e integrante da comissão do CRC-RS

Adauto Fröhlich, contador, sócio da Acessus Contabilidade e integrante da comissão do CRC-RS


ARQUIVO PESSOAL/DIVULGAÇÃO/JC
Adauto Fröhlich
Um número jogado ao vento não representa nada. Se não tivermos objetivo para aquela informação, de nada ela valerá. Transformar números em informações úteis a um gestor é um desafio diário para um contador. Dentro das atividades e prerrogativas profissionais, reguladas pela Res. CFC 560/1983, está elencada a atividade de controladoria. A controladoria é um braço da contabilidade e ela tem esse viés de transformar números em informações úteis para respaldar decisões a serem tomadas.
Um número jogado ao vento não representa nada. Se não tivermos objetivo para aquela informação, de nada ela valerá. Transformar números em informações úteis a um gestor é um desafio diário para um contador. Dentro das atividades e prerrogativas profissionais, reguladas pela Res. CFC 560/1983, está elencada a atividade de controladoria. A controladoria é um braço da contabilidade e ela tem esse viés de transformar números em informações úteis para respaldar decisões a serem tomadas.
Já dizia meu pai, contador, professor e mestre, que uma contabilidade bem elaborada tem o poder de, inclusive, demonstrar a linha de pensamento do administrador. Há uma riqueza e uma beleza nas informações constantes tanto nas demonstrações contábeis como nos controles internos que podem ser utilizados para apoio à administração.
Na contabilidade estrita, somos fiéis aos fatos e temos uma gama de informações disponíveis nas empresas que enriquecem as demonstrações contábeis.
Na controladoria, juntamos as informações das demonstrações contábeis com outras oriundas de controles internos e ainda buscamos comparativos de mercado para verificar a tendência da gestão que está sendo realizada naquela empresa ou entidade. Sim, gestão não cabe somente para as empresas mas também se aplica a serviços públicos, entidades sem fins lucrativos, condomínios e muitos outros. Cabe, inclusive, na vida pessoal.
Imagine o gestor poder analisar a rentabilidade e a margem de contribuição de produtos isolados e com isso decidir pela manutenção, encerramento ou ampliação de produção de um item. Quando analisamos as demonstrações contábeis, temos um panorama geral da situação patrimonial e de resultado de uma entidade. Lembro que o objetivo geral das demonstrações contábeis é de que "sejam úteis para investidores, credores por empréstimos e outros credores, existentes e potenciais, na tomada de decisões referente à oferta de recursos à entidade" (item 1.2 NBC TG EC).
A controladoria abre essas informações concatenando, filtrando, agrupando e, principalmente, traduzindo-as para o gestor. Tomadas de decisões precisam ser feitas diariamente e, quando respaldadas por dados concretos, decidir fica mais fácil. O primeiro passo é ter uma contabilidade bem estruturada, partindo para o segundo de ter informações complementares obtidas de controles internos eficientes. Entregue para a controladoria da entidade, essa fará o seu trabalho de acordo com os objetivos traçados pelo gestor.
Enfim, posso estar administrando uma empresa e ela pode estar dando lucro, mas se não conseguir comparar e buscar informações úteis da minha contabilidade, quem garante que o resultado é suficiente para meus objetivos futuros?
Contabilidade, controladoria e gestão estão intimamente ligadas, pois a primeira ordena, a segunda qualifica e a terceira se utiliza das informações para a busca do resultado almejado. Indicadores econômicos, estruturais e produtivos, entre muitos que existem, bem como comparativos de mercado, análises dos resultados são exemplos do que a controladoria pode fazer para a sua empresa.
Não navegue sem um mapa, não dirija sua empresa sem o apoio dessas informações. Importante: não existe um pacote pronto que se aplique indistintamente para todos os negócios. A implantação de uma controladoria é específica para cada empresa e entidade. Na máxima contábil, o benefício da informação deve superar o custo de obtê-la e aqui, garanto: contabilidade controladoria = gestão organizada proativa na busca de resultados.
Contador, coordenador da Comissão de Estudos de Controladoria do CRC-RS
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO