Porto Alegre, quarta-feira, 22 de setembro de 2021.
Início da Primavera. Dia do Contador. Dia Mundial sem Carro.
Porto Alegre,
quarta-feira, 22 de setembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

OPINIÃO

- Publicada em 22/09/2021 às 03h00min.

Contadores: preparar o próximo passo é essencial para permanecer

Ana Tércia L. Rodrigues, presidente do CRCRS

Ana Tércia L. Rodrigues, presidente do CRCRS


/ACERVO PESSOAL/DIVULGAÇÃO/JC
Ana Tércia L. Rodrigues

Parece paradoxal pensar que para permanecer precisamos avançar. Todos nós já ouvimos a frase "Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come." Em se tratando de desafios profissionais, ela nunca fez tanto sentido.

Parece paradoxal pensar que para permanecer precisamos avançar. Todos nós já ouvimos a frase "Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come." Em se tratando de desafios profissionais, ela nunca fez tanto sentido.

Correr sem destino pode ser fatal, ficar parado não é uma opção para permanecer vivo. Então, qual a chave para desvendar esse enigma? A solução está na capacidade de cada um se reinventar, girar sobre o próprio eixo, mas cuidado: um giro de 360º pode te levar para o mesmo lugar; talvez o mais apropriado sejam movimentos ágeis em dois ângulos de 90º.

A metáfora é uma forma divertida e didática de pensar nossa realidade profissional. Ao comemorarmos o Dia do Contador, proponho uma reflexão sobre as mudanças necessárias para nossa evolução coletiva e individual.

Não podemos negligenciar nossa força coletiva representada pelo desafio das entidades da classe que, nesse momento, estudam o tamanho do giro que precisarão fazer para melhor representar suas bases. Essa representação implica em ouvir, incluir, argumentar e disseminar a imagem que queremos sedimentar na sociedade. Os profissionais que cuidam do patrimônio e dos empreendimentos das pessoas físicas e jurídicas precisam estar um passo à frente quando o assunto é tecnologia, investimento, custo, soluções inovadoras.

Somos os primeiros profissionais procurados quando empreendedores querem transformar ideais em negócios e, mesmo que não tenhamos respostas para todas as perguntas, precisamos ter parceiros empresariais que nos permitam ampliar o leque de soluções, sem perder a oportunidade de captar um novo cliente - para isso precisamos estar conectados.

Nesse giro sobre o próprio eixo, antigos concorrentes podem se tornar parceiros estratégicos, colaboradores viram sócios e as possibilidades de reorganizações societárias tendem a surpreender os mais conservadores.

Como Contadores, precisamos dominar as Estruturas de Governança das Empresas; entendendo de Sustentabilidade ESG (Environmental, Social and Governance), sua melhor mensuração e evidenciação nos Demonstrativos Contábeis; de Gestão e Relatos Integrados.

A transformação digital, a inovação, as metodologias ágeis e a necessidade de cybersecurity são caminhos sem volta, que todos teremos que trilhar, seja por sobrevivência ou por ameaças regulatórias.

Com tantos desafios a serem enfrentados, permanecer no mercado irá nos exigir essa dose extra de esforço e investimento, tanto monetário quanto intelectual, que só alcançaremos com atualização constante e muita resiliência. O mercado não ficará nos esperando, ele vem nos atropelando diariamente com as mudanças tributárias, legais, cambiais, regulatórias e tecnológicas.

Outubro se aproxima, e, com ele, mais uma oportunidade de reunir a classe contábil gaúcha, brasileira e latino-americana na XVIII Convenção de Contabilidade do RS, que ocorrerá simultaneamente com a XXXIV Conferência Interamericana de Contabilidade, de 19 a 21 de outubro, em Porto Alegre. Nesse, que promete ser um megaevento, vamos falar de Futurismo, Sustentabilidade, Tecnologia, Protagonismo, Liderança e Desenvolvimento Humano.

Cogita-se que, em breve, a Inteligência Artificial resolverá muitas das demandas operacionais e braçais. Enquanto os robôs não chegam, vamos brindar o que conquistamos como classe e nos preparar para o próximo ciclo de inovação, que certamente não tardará.

Presidente do CRCRS

Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário