Porto Alegre, segunda-feira, 14 de setembro de 2020.
Aniversário da cidade de Viamão.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 14 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Qualificação

- Publicada em 15h44min, 23/06/2020.

Programa Diversidade em Conselho abre inscrições

Iniciativa promovida por B3, IBGC, IFC, Spencer Stuart e WCD tem como objetivo ampliar diversidade em conselhos de administração

Iniciativa promovida por B3, IBGC, IFC, Spencer Stuart e WCD tem como objetivo ampliar diversidade em conselhos de administração


FREEPIK/DIVULGAÇÃO/JC
Estão abertas as inscrições para a 5ª turma do Programa Diversidade em Conselho, voltado para mulheres que desejam atuar em conselhos de administração, conselhos fiscais e comitês de organizações públicas, privadas ou do terceiro setor. A partir desta quinta turma, a consultoria Spencer Stuart passa a fazer parte do grupo das entidades organizadoras do Programa junto com B3, Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), International Finance Corporation (IFC) e WomenCorporateDirectors (WCD).
Estão abertas as inscrições para a 5ª turma do Programa Diversidade em Conselho, voltado para mulheres que desejam atuar em conselhos de administração, conselhos fiscais e comitês de organizações públicas, privadas ou do terceiro setor. A partir desta quinta turma, a consultoria Spencer Stuart passa a fazer parte do grupo das entidades organizadoras do Programa junto com B3, Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), International Finance Corporation (IFC) e WomenCorporateDirectors (WCD).
O Programa Diversidade em Conselho visa contribuir para que mulheres preparadas para atuar em conselhos tenham maior visibilidade no mercado por meio de troca de experiências, aprendizado e fortalecimento do seu network, com apoio de profissionais reconhecidos no mercado e experientes na atuação em conselhos que atuam como mentores ou mentoras.
No total, 100 mulheres já passaram pela mentoria desde 2015. O Programa é destinado a profissionais que tenham ocupado ou estejam ocupando posição de liderança como executivas C-level ou empresárias, com experiências profissionais e competências comportamentais relevantes, além de disponibilidade para atuação imediata em conselhos.
As mulheres participantes da iniciativa serão selecionadas por um comitê formado por membros das entidades organizadoras e por membros voluntários. Durante 12 meses, as mentoradas se reunirão periodicamente com seus respectivos mentores, tendo como base uma metodologia desenvolvida pela coach e consultora Vicky Bloch, além de participar de encontros individuais, eventos e debates sobre temas relevantes como responsabilidade dos administradores, mercado de capitais e gestão de riscos. Devido ao isolamento social em decorrência da pandemia do novo coronavírus, as atividades previstas para este ano serão realizadas de forma virtual.
A edição de 2019 da pesquisa Board Index Brasil, realizada pela Spencer Stuart, mostra que houve pequeno avanço no número de mulheres em posições de conselhos em 2018 na comparação com o ano anterior. Porém, os índices ainda são baixos: as conselheiras ocupavam apenas 10,5% dessas posições, em comparação a 9,4% em 2017. Em 2018, o Global Director Survey Report, pesquisa global do Global Network of Director Institutes (GNDI), mostrava que, para 72% dos participantes brasileiros, a diversidade de gênero foi pouco ou nada importante no recrutamento de candidatos ao conselho de administração naquela época, contra 49% da amostra global.
As inscrições para processo seletivo da 5ª turma do Programa estarão abertas até o dia 29 de junho de 2020. Para mais informações, acesse https://www.ibgc.org.br/advocacy/diversidade.
Comentários CORRIGIR TEXTO