Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 18 de dezembro de 2019.
Dia Internacional do Migrante.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Leitura

Edição impressa de 18/12/2019. Alterada em 18/12 às 03h00min

Planejamento, Execução e Reporte em Auditoria

resenha-contabilidade-reprodução jc

resenha-contabilidade-reprodução jc


/REPRODUÇÃO/DIVULGAÇÃO/JC
Há distinção entre um auditor contemporâneo e um investigador. O auditor é um profissional liberal. Sua função, auditoria, é um ramo especializado da consultoria contábil, financeira, econômica, fiscal, administrativa de asseguração de conformidades e de monitoramento de de controle de gestão de empresa. O investigador examina um assertivo acerca de questão-problema e desvenda o não esclarecido. As organizações necessitam ser ajudadas em seus problemas de buscar a melhor forma de gerenciar suas empresas e tirar proveito das vantagens competitivas, através de consulta com seus auditores.
Há distinção entre um auditor contemporâneo e um investigador. O auditor é um profissional liberal. Sua função, auditoria, é um ramo especializado da consultoria contábil, financeira, econômica, fiscal, administrativa de asseguração de conformidades e de monitoramento de de controle de gestão de empresa. O investigador examina um assertivo acerca de questão-problema e desvenda o não esclarecido. As organizações necessitam ser ajudadas em seus problemas de buscar a melhor forma de gerenciar suas empresas e tirar proveito das vantagens competitivas, através de consulta com seus auditores.
No entanto, neste século XXI, com atividade de auditoria bastante difundida, abrange-se desde auditoria fiscal, contábil/financeira, de tecnologia de informação, de meio ambiente e de contabilidade forense; nessas áreas o auditor interno apoia o escopo do trabalho do auditor independente vis-à-vis com suporte à governança corporativa.
O objetivo de Auditoria não é louvar as virtudes das empresas de auditoria externa ou os profissionais de auditoria interna, mas suprir numa forma simples e metodológica o entendimento da auditoria moderna e sua prática de sustentação dos negócios. Auxiliar os referidos profissionais na sua necessidade financeira rotineira e os estudantes universitários na busca da melhor forma de executar as tarefas de auditoria, seguindo as orientações mais aprimoradas, e obter delas o melhor resultado.
Este livro reflete os 35 anos de experiência do autor Joshua Imoniana em serviços de auditoria, seja auditoria interna ou independente, tanto na qualidade de usuário dos livros já publicados da área como de professor universitário ou de pesquisador. Assim, a obra do mestre e doutor em Contabilidade e Controladoria pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP) se propõe a apresentar a melhor forma de atender aos requisitos do auditor contemporâneo.
Auditoria: Planejamento, Execução e Reporte; Joshua Imoniana; Editora Atlas; 296 páginas; R$ 95,00; disponível em versão digital.
leia mais notícias de Contabilidade
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia