Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de julho de 2019.
Dia da Pizza.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Leitura

Edição impressa de 10/07/2019. Alterada em 10/07 às 03h00min

Compliance no combate à corrupção

Em todo o mundo, as últimas décadas foram marcadas pelo crescimento das preocupações com o bom funcionamento dos mercados e pelo combate a condutas empresariais que trazem impactos negativos à sociedade. Esse movimento, que se faz sentir nas mais diferentes esferas, teve fortíssimos reflexos em duas searas até então pouco desenvolvidas na maior parte dos países: a defesa da concorrência e o combate à corrupção.
Em todo o mundo, as últimas décadas foram marcadas pelo crescimento das preocupações com o bom funcionamento dos mercados e pelo combate a condutas empresariais que trazem impactos negativos à sociedade. Esse movimento, que se faz sentir nas mais diferentes esferas, teve fortíssimos reflexos em duas searas até então pouco desenvolvidas na maior parte dos países: a defesa da concorrência e o combate à corrupção.
Com uma abordagem direta e voltada à empresários e interessados na temática, o livro "Compliance - concorrência e combate a corrupção" traduz as leis de combate à corrupção e fornece aos agentes de mercado medidas práticas para o desenvolvimento e a implementação de um programa de compliance bem-sucedido. Escrito por Francisco Schertel Mendes e Vinicius Marques de Carvalho, a publicação aborda questões práticas acerca do que é compliance e como essa prática pode fortalecer determinada empresa e auxiliar no combate às irregularidades cometidas por elas.
Em 168 páginas, Mendes e Carvalho apresentam as ferramentas que formam a ideia de compliance, relacionando-as aos resultados possíveis de se obter quando utilizadas corretamente. Dessa forma, os autores analisam como exerce a influência de um sistema voltado a detectar e tratar falhas em processos de instituições e empresas prevenindo - e coibindo - casos de corrupção.
Além disso, o livro aprofunda ideias sobre as consequências benéficas de manter um compliance organizado e efetivo para se sobressair no mercado. Abordando pontos ligados à concorrência entre as empresas e instituições, a leitura traz um olhar sobre os benefícios internos de se ter um compliance estruturado e ativo. Nesse sentido, a publicação exemplifica como a disputa entre entidades pode facilitar o lado mais organizado e que previne falhas.
Mendes é advogado e consultor legislativo do Senado Federal nas áreas de Direito Econômico e Direito Empresarial. Carvalho é advogado, professor do Departamento de Direito Comercial da Universidade de São Paulo (USP) e ex-presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).
Compliance - Concorrência e combate à corrupção; Francisco Mendes e Vinicius Carvalho; Trevisan Editora; 168 páginas; R$ 58,00
leia mais notícias de Contabilidade
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia