Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 26 de junho de 2019.
Dia Internacional de Combate às Drogas.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Leitura

Edição impressa de 26/06/2019. Alterada em 26/06 às 03h00min

Contabilidade de Custo

Na sua 10ª edição, o livro "Contabilidade de Custo" traz a adaptação de seu texto às disposições dos Pronunciamentos Técnicos CPC, especialmente do CPC 16 - o que trata da valoração de estoques e das leis nº 11.638 e nº 11.941. Ajustado às mais recentes evoluções conceituais e às novas tendências de utilização da contabilidade de custos para fins decisórios ou gerenciais, o livro reúne uma série de características que remontam esse cenário.
Na sua 10ª edição, o livro "Contabilidade de Custo" traz a adaptação de seu texto às disposições dos Pronunciamentos Técnicos CPC, especialmente do CPC 16 - o que trata da valoração de estoques e das leis nº 11.638 e nº 11.941. Ajustado às mais recentes evoluções conceituais e às novas tendências de utilização da contabilidade de custos para fins decisórios ou gerenciais, o livro reúne uma série de características que remontam esse cenário.
Entre essas, a primeira é torná-lo particularmente apropriado para a realidade brasileira, voltado para as situações típicas observadas no País, para seus institutos legais, para as condições organizacionais prevalecentes no meio empresarial. Assim, ao tratar dos critérios técnicos e legais relacionados à contabilização dos custos da mão de obra e dos impostos, por exemplo, o texto refere-se explicitamente às condições brasileiras, destacando os principais aspectos relacionados aos encargos sociais existentes no País e aos dois principais tributos indiretos: o ICMS e o IPI. Além disso, Eliseu Martins, autor do livro, considera as regras implícitas na Lei das Sociedades por Ações relacionadas à operacionalização contábil dos custos.
Outra característica do livro está na análise ao uso da contabilidade de custos como instrumento para fins gerenciais. Ainda, Martins destaca o enfoque dado à utilização do tema para as funções de planejamento e controle, relacionadas ao estabelecimento de padrões, orçamentos e outras formas de previsão, com vistas ao subsequente acompanhamento e análise das variações observadas. Além dos critérios usuais dos sistemas de custo-padrão, o autor desenvolveu modelos para fixar padrões de custos indiretos por unidade.
Servindo como um livro-texto para acadêmicos de Ciências Contábeis, a publicação traz uma avaliação crítica da implantação de sistemas de custos. A partir de uma abordagem realística, Martins destaca as principais barreiras e reações comportamentais às tentativas de implantação e os custos e benefícios dos diferentes sistemas disponíveis.
Contabilidade de Custos; Eliseu Martins; Atlas; 376 páginas; R$ 169,00
 
leia mais notícias de Contabilidade
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia