Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 29 de maio de 2019.
Dia Mundial da Energia. Dia do Estatístico. Dia do Geógrafo.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Empreendedorismo

Edição impressa de 29/05/2019. Alterada em 28/05 às 16h25min

MEI tem até o dia 31 de maio para prestar informações da DASN

Microempreendedores individuais, mesmo os que tenham encerrado atividade em 2018, devem prestar contas

Microempreendedores individuais, mesmo os que tenham encerrado atividade em 2018, devem prestar contas


/FREDY VIEIRA/arquivo/JC
Termina nesta sexta-feira (31) o prazo para o microempreendedor individual (MEI) entregar a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-SIMEI) relativa ao exercício do ano passado. A obrigação é válida mesmo para empresas que tenham sido encerradas ao longo de 2018.
O MEI que não declarar seus rendimentos em 2018 estará sujeito a uma multa no valor mínimo de R$ 50,00 ou de 2% (dois por cento) ao mês ou fração, incidentes sobre o montante dos tributos decorrentes das informações prestadas na DASN. A declaração é feita pela internet, mas o microempreendedor pode obter orientações com o Sebrae.
Para fazer a declaração anual, o MEI deve entrar na página do Portal do Empreendedor e seguir as orientações de como proceder, na aba de serviços, e em seguida "Faça sua declaração anual de faturamento". "Além disso, a pessoa pode procurar o Sebrae para obter mais orientações de como realizar a sua declaração, ou se dirigir às Salas do Empreendedor, existentes em várias cidades", explica Hugo Henrique Roth Cardoso, analista da Unidade de Capitalização e Servidos do Sebrae Nacional. Outra opção é buscar informações pelo telefone 0800-570-0800.
Segundo Cardoso, o MEI precisa apenas enviar à Receita Federal o total do faturamento do ano anterior, discriminando apenas as vendas realizadas com ou sem emissão de documento fiscal. Existe um modelo de relatório também disponível no mesmo link "Faça sua declaração anual de faturamento". Mas, quando o Microempreendedor Individual deixar de fazer a DASN-SIMEI, ele será multado. A notificação de lançamento da multa por atraso na entrega da declaração (MAED) é gerada no momento da transmissão. Caso o pagamento seja feito em até 30 dias, haverá uma redução de 50%, totalizando R$ 25,00.
Para fazer a DASN, faça um relatório das receitas obtidas a cada mês. No site do Empreendedor existe um modelo. Não se esqueça de conferir se o valor das notas fiscais emitidas foi anotado corretamente no seu relatório e, depois de conferir todos os valores para verificar se estão corretos, o MEI tem até 31 de maio para enviar a declaração do ano passado, apenas pela internet.
leia mais notícias de Contabilidade
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia