Porto Alegre, segunda-feira, 23 de agosto de 2021.
Porto Alegre,
segunda-feira, 23 de agosto de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Leitura

- Publicada em 03h00min, 23/08/2021.

Empreender

Do MEI ao milhão, de Itacir Flores, Literare Books International

Do MEI ao milhão, de Itacir Flores, Literare Books International


/Reprodução/JC

O Microempreendedor Individual é retratado como pivô da nova economia. Isso porque o MEI é considerado uma das maiores modificações no cenário empreendedor brasileiro dos últimos 50 anos. O MEI foi relevante na vida do microempresário e dos profissionais autônomos, especialmente nesse período de pandemia, tendo em vista que em 2020, segundo o Ministério da Economia, foram registrados 2,6 milhões de MEI, o que representou 8,4% em relação ao ano anterior.

O Microempreendedor Individual é retratado como pivô da nova economia. Isso porque o MEI é considerado uma das maiores modificações no cenário empreendedor brasileiro dos últimos 50 anos. O MEI foi relevante na vida do microempresário e dos profissionais autônomos, especialmente nesse período de pandemia, tendo em vista que em 2020, segundo o Ministério da Economia, foram registrados 2,6 milhões de MEI, o que representou 8,4% em relação ao ano anterior.

No Brasil, com 11,2 milhões de negócios ativos, o MEI representa 56,7% das empresas em atividade no país e 79,3% das empresas abertas no ano passado. Diante deste cenário, o livro "Do MEI ao milhão: técnicas e pílulas motivacionais que mostram como as coisas realmente são para quem decide empreender", do autor Itacir Flores, objetiva esclarecer às pessoas que ainda operam na informalidade sobre a tipologia empresarial que foi criada para inclusão na economia formal, com um mínimo de burocracia.

A obra também traz um capítulo com 100 Perguntas e Respostas sobre MEI, que é totalmente ilustrado, facilitando a compreensão de leitores de qualquer idade. São elucidadas dúvidas sobre tributação e aspectos fiscais, previdência e suporte social e governamental, contabilidade e aspectos financeiros, gestão e dia a dia.

Do MEI ao milhão: técnicas e pílulas motivacionais que mostram como as coisas realmente são para quem decide empreender; Itacir Flores; Literare Books International; 176 páginas; R$ 37,70; disponível em versão digital.

Desenvolvimento

Atitudes Extraordinárias, de Renato Grinberg, Editora Gente
Atitudes Extraordinárias, de Renato Grinberg, Editora Gente
/Reprodução/JC

Não há dúvida de que vivemos em um mundo extremamente competitivo, com a tecnologia cada vez mais integrada ao nosso dia a dia, e a inovação se tornando mais e mais parte do core dos negócios. Para se destacar e alcançar o verdadeiro sucesso não basta apenas ser um profissional ou empreendedor determinado: é necessário ir além de ser dedicado, eficiente, questionador, proativo, visionário etc.

Como fugir das regras estabelecidas e tão enraizadas da sociedade, criando o seu próprio rumo para o reconhecimento e destaque? Em "Atitudes extraordinárias", Renato Grinberg, autor do bestseller "A Estratégia do Olho de Tigre" e líder reconhecido no mercado, procura ensinar que a chave para o sucesso está em adotar em sua jornada dez princípios que o levarão do "mais do mesmo" para o extraordinário.

Neste livro, o leitor poderá aprender como revolucionar o seu campo de visão e, por meio de conceitos e ferramentas práticas, testadas e aprovadas pelo próprio autor, construir uma trajetória que o conduzirá além dos seus objetivos. A obra do escritor e business coaching relata sobre 10 princípios essenciais de como um empreendedor deve atuar para prosperar em seus negócios ou profissional para avançar na sua carreira. Renato já é conhecido no mundo dos negócios por seus ensinamentos.

Atitudes extraordinárias: Os 10 princípios fundamentais para desafiar padrões, criar seu caminho e se tornar o profissional do futuro; Renato Grinberg; Editora Gente; 192 páginas; R$ 49,90; disponível em versão digital.

Inclusão

Futuro do trabalho da pessoa com deficiência da Lei de Cotas à Agenda 2030; Patrick Schneider; Grupo Editorial Letramento;
Futuro do trabalho da pessoa com deficiência da Lei de Cotas à Agenda 2030; Patrick Schneider; Grupo Editorial Letramento;
/Reprodução/JC

Apaixonado pelo tema inclusão social por meio da função trabalho, Patrick Schneider, pesquisador e executivo de Recursos Humanos, decidiu investigar a evolução da pessoa com deficiência (PCD) no mundo do trabalho. A ideia era identificar seu alinhamento aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), conforme determinado pela Agenda 2030 proposta pela Organização das Nações Unidos (ONU).

O resultado? O livro "Futuro do trabalho da pessoa com deficiência: da Lei de Cotas à Agenda 2030". O autor fez uma retrospectiva da busca deste profissional pelo espaço na sociedade, sua entrada e desenvolvimento no mercado de trabalho, os efeitos da Lei 8.213 que destacou o Brasil mundo afora e os fundamentos do trabalho decente, além de entrevistar diferentes atores desse ecossistema para delinear visões, desafios e necessidades para avançar na criação de um ambiente laboral mais inclusivo para uma parcela significativa da população brasileira.

O estudo conduzido por Schneider lança um olhar abrangente sobre o futuro do trabalho de PCDs, com as visões de gestores, profissionais com deficiência, executivas de RH, consultorias especializadas na inclusão dessas pessoas no mercado laboral, e da fiscal do trabalho mais longeva dedicada a averiguar a ação das empresas frente a essa questão.

Futuro do trabalho da pessoa com deficiência: da Lei de Cotas à Agenda 2030; Patrick Schneider; Grupo Editorial Letramento; 218 páginas; R$ 69,90.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário