Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 10 de agosto de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 10 de agosto de 2020.

Empresas & Negócios

Compartilhar

Leitura

- Publicada em 03h00min, 10/08/2020.

Gestão

Em "Onde os sonhos acontecem", o presidente executivo e presidente do conselho administrativo da The Walt Disney Company, Robert Iger, compartilha as lições aprendidas ao gerir a Disney e liderar mais de 200 mil funcionários, além de analisar os princípios fundamentais para a verdadeira liderança, como otimismo, coragem e justiça. Ele assumiu o comando da empresa em 2005, um tempo em que a competição estava mais acirrada do que nunca e a tecnologia se transformava com uma velocidade impressionante.
Em "Onde os sonhos acontecem", o presidente executivo e presidente do conselho administrativo da The Walt Disney Company, Robert Iger, compartilha as lições aprendidas ao gerir a Disney e liderar mais de 200 mil funcionários, além de analisar os princípios fundamentais para a verdadeira liderança, como otimismo, coragem e justiça. Ele assumiu o comando da empresa em 2005, um tempo em que a competição estava mais acirrada do que nunca e a tecnologia se transformava com uma velocidade impressionante.
Na época, Iger restringiu sua visão a três ideias claras: comprometer-se com a qualidade, aceitar a tecnologia em vez de enfrentá-la e pensar em escala global, de modo a tornar a Disney uma marca mais forte nos mercados internacionais. Quinze anos depois, a Disney é um colosso que abarca ativos como Pixar, Marvel, Lucasfilm e 21st Century Fox. Seu valor de mercado é cinco vezes maior do que em 2005, e Iger hoje é considerado um dos empresários mais inovadores e bem-sucedidos da nossa era.
Iger iniciou sua carreira na ABC em 1974 e, como presidente do grupo, supervisionou a rede de cadeias de TV, emissoras de rádio e TV a cabo, além de liderar a fusão com a Disney. Foi incorporado oficialmente à equipe diretiva da Disney em 1996, como presidente da ABC após a fusão, e em 1999 recebeu a incumbência de presidir a Walt Disney International.
Onde os Sonhos Acontecem: Meus 15 anos como CEO da The Walt Disney; Robert Iger; Editora Intrínseca; 304 páginas; R$ 49,90; disponível em versão digital.

Economia

Desigualdade, imigração, desaceleração do crescimento, mudança climática, automação do trabalho, comércio internacional e distribuição de renda são temas econômicos e políticos tão centrais quanto contestados no debate público atual, seja na Europa, nos Estados Unidos, na América Latina ou no Vietnã. Em "Boa economia para tempos difíceis", Abhijit V. Banerjee e Esther Duflo, ganhadores do prêmio Nobel de economia de 2019, apresentam o que os melhores economistas de hoje têm a dizer a respeito das questões fundamentais que desafiam as sociedades.
Baseados nas mais recentes e conceituadas pesquisas econômicas, explicadas aqui com clareza e honestidade, os autores desconstroem falsas verdades e nos mostram não apenas as conclusões surpreendentes a que tais estudos chegaram, mas também, e principalmente, que as soluções inspiradas nesses resultados podem ser determinantes na construção de um mundo mais justo e humano. Criativo, instigante e urgente, o livro oferece argumentos a favor de intervenções inteligentes e de uma sociedade participativa.
Como combater a explosão da desigualdade em todo o mundo? O comércio internacional é o problema ou a solução? Existe mesmo um excesso de migrantes subqualificados? Devemos nos preocupar com os avanços da inteligência artificial ou promovê-la deliberadamente?
Boa economia para tempos difíceis; Abhijit V. Banerjee e Esther Duflo; Editora Zahar; 464 páginas; R$ 89,90; disponível em versão digital.

Vendas

O jogo mudou, o mundo não é mais o mesmo e a maneira de vender também já não é há algum tempo. Precisamos pensar de maneira diferente, nos reinventar diariamente e procurar soluções para um mundo em que tudo é conectado, passageiro e inconstante. "Bora Varejo", de Alfredo Soares, é um manual cujo objetivo é o ressurgimento de empreendedores e gestores pós-Covid-19. Na era da Gestão 4.0, os empresários provam ser possível se adaptar e deixar de ser refém dos métodos tradicionais de venda, engajamento dos clientes e agilidade nas decisões.
Após a pandemia do novo coronavírus, o autor convidou os maiores empresários do Brasil para discutir as principais práticas usadas durante a aceleração digital que causou a disrupção do varejo. Após mais de 50 lives em plena quarentena, ele resolveu compartilhar as estratégias utilizadas para não apenas sobreviver, mas obter ainda mais resultados na retomada da maior crise que o mundo viu no século.
Na obra, o leitor encontrará diversas estratégias utilizadas por alguns dos maiores varejistas do país para enfrentar a crise e ter insights de como aplicá-las no seu negócio. O livro ainda aborda assuntos como as estratégias para criar o senso de comunidade, tudo sobre a nova relação da indústria com o varejo, a verdade sobre os novos canais de venda e como entender verdadeiramente o novo consumidor.
Bora varejo: Como a cultura de transformação digital ajudou as empresas a enfrentarem a maior crise do século; Alfredo Soares; Editora Gente; 224 páginas; R$39,90; disponível em versão digital.
leia mais notícias de Empresas & Negócios
Comentários CORRIGIR TEXTO