Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 20 de janeiro de 2020.
Dia de São Sebastião (feriado na cidade do Rio de Janeiro).

Jornal do Comércio

Empresas & Negócios

COMENTAR | CORRIGIR

Leitura

Edição impressa de 20/01/2020. Alterada em 20/01 às 16h04min

Empreender

A história de sucesso com um modelo diferente de gestão é o que a administradora de redes associativistas de farmácias Farmarcas está disponibilizando para os leitores com o lançamento do livro De zero a mil drogarias em 7 anos, escrito por Renata D'Elia.
A história de sucesso com um modelo diferente de gestão é o que a administradora de redes associativistas de farmácias Farmarcas está disponibilizando para os leitores com o lançamento do livro De zero a mil drogarias em 7 anos, escrito por Renata D'Elia.
O livro traz à tona, de forma leve e acessível, a história de uma empresa que se construiu à sua própria maneira, com base na experiência bem-sucedida, na visão de mundo arrojada e na trajetória original de seu idealizador e presidente, Edison Tamascia, como também na competência, persistência e comprometimento de seus principais executivos. A obra, assim, vai além de contar a história de uma empresa, mostrando um modelo de negócio e gestão que vem apresentando grande sucesso e que preza pela valorização das pessoas e seus objetivos.
A Farmarcas é uma empresa que apoia as pessoas e constrói relações ricas com associados, funcionários e parceiros comerciais. Ela encabeça o associativismo 4.0 -- moderno, inovador e capaz de gerar valor a todas as pontas da cadeia -- que prova seu valor para o desenvolvimento econômico do Brasil.
Tudo isso faz parte de uma sinergia real, que é apresentada pela obra em uma leitura agradável e cheia de ensinamentos. O livro tem distribuição gratuita bastando solicitar o envio pelo correio no site https://www.farmarcas.com.br/livro/, mas também pode ser acessado por todos os interessados por meio de ebook e audiolivro.
De zero a mil drogarias em 7 anos; Edição Farmarcas; Renata D'elia; 150 páginas; gratuito; disponível em versão digital.

Recuperação judicial


/Reprodução/JC
Vigente no país há quase 15 anos, a Lei de Falência e Recuperação Judicial é tema recorrente de discussão. De 2005 para 2019, o cenário econômico e jurídico teve diversas transformações - e o Brasil conheceu a mais grave crise de sua história, impactando diretamente o setor produtivo. Para qualificar o mecanismo, há iniciativas avançadas no Congresso Nacional.
Abordando os principais temas relacionados ao processo, a OAB-RS lançou o livro Recuperação judicial de empresas: temas atuais. A obra, que tem o selo da Comissão Especial de Falências e Recuperação Judicial, reúne a análise de quem enfrenta diariamente o desafio como ofício: os advogados. O objetivo do livro é despertar uma reflexão crítica nos leitores, possibilitando que sejam encontradas novas soluções, adequadas aos tempos atuais.
Com organização de Arthur Alves Silveira, Daniel Báril e João Medeiros Fernandes Jr, a publicação reúne as visões dos maiores especialistas do Estado. O livro aprofunda aspectos relacionados à recuperação judicial, tais como cram down, dip financing, governança, papel do administrador judicial, desconsideração da personalidade jurídica, juízo universal e o Fisco, contagem dos prazos à luz do novo Código de Processo Civil (CPC) e suspensão das ações e execuções previstas na legislação. A obra lança ainda um olhar sobre questões controversas, como o abuso de voto de credores.
Recuperação judicial de empresas; Arthur Alves Silveira, Daniel Báril e João Medeiros Fernandes Jr (organizadores); Editora Copiart - OAB/RS; 315 páginas; R$ 62,00. 
 

Execução: : A Disciplina Para Atingir Resultados


/Reprodução/JC
Execução é um livro sobre como fechar a lacuna entre os resultados prometidos e os alcançados. Realizações bem-sucedidas resultaram da prática voltada para a execução: unir pessoas, estratégia e operações - os três processos-chave de cada negócio. Liderar esses processos é o verdadeiro trabalho da gerência - não apenas formular uma "visão", deixando a tarefa de torná-la realidade para os outros.
Bossidy e Charan revelam a importância do total e profundo envolvimento em uma organização e explicam por que um diálogo consistente sobre pessoas, estratégias e operações gera uma empresa baseada em honestidade e realismo. O trabalho mais importante do líder - selecionar e avaliar as pessoas - nunca deve ser delegado. Com as pessoas certas nos lugares certos, há um "pool" de liderança que concebe e seleciona as estratégias que passam a ser executadas. As pessoas, então, trabalham juntas para criar, elemento por elemento, uma estratégia em sincronia com a realidade do mercado, da economia e da concorrência. Com as pessoas certas no lugar certo e a estratégia implementada, ambas serão ligadas a um processo operacional que resulta na adoção de programas e ações específicos que estabelecem responsabilidades.
Esse tipo de processo operacional eficaz transcende o típico exercício orçamentário que olha o espelho retrovisor para estabelecer os seus objetivos.
Execução: A Disciplina Para Atingir Resultados; Charles Burck, Larry Bossidy e Ram Charam; Editora Alta Books; 288 páginas; R$ 69,90. 
leia mais notícias de Empresas & Negócios
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia