Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 28 de outubro de 2019.
Dia do Funcionário Público. Dia de São Judas Tadeu.

Jornal do Comércio

Empresas & Negócios

COMENTAR | CORRIGIR

Leitura

Edição impressa de 28/10/2019. Alterada em 28/10 às 03h00min

Economia

Os Estados Unidos reinaram de maneira hegemônica como superpotência mundial após a Segunda Guerra Mundial. Porém, com o aumento de poder e influência da China, faz-se cada vez mais necessário entender o plano chinês, visto que a economia da China é a segunda maior do planeta, representando mais de 15% do PIB mundial. A publicação de "O poder da China - O que você deve saber sobre o país que mais cresce em bilionários e unicórnios" segue o anseio de entender como funciona a segunda maior do planeta.
Os Estados Unidos reinaram de maneira hegemônica como superpotência mundial após a Segunda Guerra Mundial. Porém, com o aumento de poder e influência da China, faz-se cada vez mais necessário entender o plano chinês, visto que a economia da China é a segunda maior do planeta, representando mais de 15% do PIB mundial. A publicação de "O poder da China - O que você deve saber sobre o país que mais cresce em bilionários e unicórnios" segue o anseio de entender como funciona a segunda maior do planeta.
Com um crescimento de 6,6% em 2018 - menor índice desde 1990 -, a China domina 35% do crescimento mundial estimado entre 2017 e 2019. É nesse sentido que o autor Ricardo Geromel busca aprofundar os conhecimentos sobre uma nova China, de superpotência mundial e que, desde 2009, é a maior parceira comercial do Brasil. Na publicação, Geromel busca analisar a economia chinesa e passar para o leitor a interpretação de como um bilionário faria.
Dizer que a China está desacelerando o crescimento econômico é verdade. No entanto, entender como e qual o impacto das políticas econômicas chinesas enquanto parte de uma economia global é um dos trunfos da publicação. Para isso, Geromel, que cobre bilionários para a revista Forbes desde 2011, disseca as relações internas do país mais populoso do mundo.
O poder da China - O que você deve saber sobre o país que mais cresce em bilionários e unicórnios; Ricardo Geromel; Editora Gente; 288 páginas; R$ 49,90 

Dinheiro

Quais são suas crenças em relação ao dinheiro? É a partir dessa pergunta que Jen Sincero te ajuda a transformar sua vida financeira em seu novo livro "Você pode nadar em dinheiro". Como um manual prático para te ensinar a deixar para trás qualquer problema com dinheiro e tornar-se próspero.
Com o estilo despojado da autora, Jen desenvolve um plano de enriquecimento em 13 capítulos, com dicas que serão determinantes no processo de abundância. A obra vai direto ao ponto dos hábitos que levam à auto sabotagem e ao conformismo, e inspira mudanças radicais de postura rumo ao sucesso financeiro.
Escritora freelancer, vivendo em uma garagem por anos e sem qualquer perspectiva de evolução financeira, Jen utiliza a própria história de superação para mostrar ao leitor como finalmente acordou para todas as possibilidades de enriquecimento e as técnicas que utilizou até se tornar autora best-seller nº1 do New York Times.
Neste livro voltado a prática, a autora detalha como nossos pensamentos são poderosos e como nossas contas bancárias são espelhos de nossas crenças sobre dinheiro. "Você pode nadar em dinheiro" combina humor com conceitos que transformam a vida, buscando ensinar: como descobrir o que está lhe impedindo de ganhar dinheiro; relacionar-se com dinheiro de uma nova maneira; aproveitar sua capacidade natural de enriquecer e dar forma à sua realidade, ou seja, tomar o controle da sua própria vida.
Você pode nadar em dinheiro; Jen Sincero; Rocco; 240 páginas; R$ 39,90; disponível em versão digital 

Capitalismo

Todos sabem que o sistema econômico capitalista e sua contraparte política, a social-democracia que caracterizou a maioria dos países desenvolvidos do Ocidente nas últimas décadas, estão em crise. Poucos efetivamente têm uma visão tão aguçada de como chegamos a tal colapso quanto o economista do desenvolvimento britânico Paul Collier, na obra "O futuro do Capitalismo".
Profundas fissuras estão esgarçando o tecido das nossas sociedades: metrópoles dinâmicas versus o interior; os mais instruídos contra os menos instruídos, países ricos versus países em desenvolvimento. Com o tempo, essas rachaduras têm se agravado e, até agora, tais cisões apenas serviram de terreno fértil para representantes das ideologias nostálgicas do populismo e do socialismo.
Neste livro polêmico e apaixonante, que recoloca a ética em lugar de desta­que, Collier aponta maneiras originais de curar tais feridas e de salvar o siste­ma econômico capitalista dos impasses do século XXI. Recusando tanto a fé cega da esquerda no governo quanto a da di­reita no livre mercado, o autor busca, de forma pragmática, caminhos que levem a um crescimento compartilhado e a um perdido senso de pertencimento.
Segundo o autor, o que tem acontecido ultimamente não é intrínseco ao capitalismo, mas uma falha de funcionamento que pode e deve ser corrigida. É nessa perspectiva que se vislumbra o futuro da estabilidade do modelo econômico atual.
O futuro do capitalismo; Paul Collier; L± 302 páginas; R$ 49,90
leia mais notícias de Empresas & Negócios
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia