Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 17 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Empresas & Negócios

COMENTAR | CORRIGIR

opinião

Edição impressa de 17/12/2018. Alterada em 17/12 às 01h00min

Simplificar para avançar

Eduardo Paschoa
Melhorar processos e reduzir custos. Esses são os atrativos com que acenam os grandes players de serviços relacionados a Marketing e a Print Management, ou as empresas de BPO, quando chegam ao Brasil.
Nas grandes companhias, as rotinas seguem um padrão global e as mudanças passam por um longo caminho de maturação até tornar-se real e efetivo.
As médias empresas, com demandas de um Marketing que precisa dar conta da evolução que o negócio vive, se perguntam se não há um jeito mais fácil de se viver essa dinâmica. Afinal, quem poderia contribuir com essa rotina?
A proposta aqui é convidar a reflexão sobre o que seria mais colaborativo às áreas de Marketing dadas as condições atuais, com complexas variáveis de competitividade, retomada econômica, redução das equipes nas empresas e ferramentas renovando-se na forma de abordar e encantar o cliente. Transparência nos processos, maior integração entre as áreas para melhor gestão de serviços, produtos e construção de cadeia de fornecedores eficientes são os pilares que me parecem mais eficazes para o que vivemos hoje no mercado de serviços de execução de Marketing e Print Management.
Personalizar o atendimento e trocar conhecimento podem construir pontes mais seguras para o futuro. A transparência cria confiança e permite interação e gestão mais assertiva. Profissionais experientes, apoiados por softwares e ferramentas que já existem para facilitar todo o processo e conferir ganho de eficiência são a combinação inteligente e que permite maior conectividade e custos mais inteligentes.
As empresas e consultorias dessa área estão focadas no desenvolvimento de uma cadeia de fornecedores diversificada, de diferentes categorias e capacidade, e até mesmo com viabilidade geográfica, com impacto positivo na ponta de logística. Para tudo isso é necessária uma plataforma que contribua de forma eficaz para a integração entre as diferentes pontas, com fluidez e segurança. Um software de gestão específico para marketing, que seja simples e garanta que todo o processo, desde a aquisição até a execução e entrega, seja realizado com participação de diferentes áreas da empresa.
Dinamismo, eficiência, comunicação positiva, economia criativa. Combinar todas as demandas atuais na velocidade com que elas se repaginam é um desafio e exige equipes mais engajadas, um marketing cada vez mais dedicado a pensar no negócio da empresa e aprofundar seu conhecimento em diferentes esferas. Parcerias de qualidade e confiança serão cada vez mais aliadas dessas áreas em companhias de médio e grande porte, trazendo soluções cooperadas e autonomia para os gestores.
Sócio-fundador da Set
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia