Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 27 de julho de 2018.
Dia do Despachante.

Jornal do Comércio

Automotor

COMENTAR | CORRIGIR

Tecnologia

Edição impressa de 27/07/2018. Alterada em 27/07 às 01h00min

Ônibus ganham piloto automático adaptativo

Recurso percebe veículos à frente a partir de 200 metros de distância

Recurso percebe veículos à frente a partir de 200 metros de distância


MERCEDES-BENZ/DIVULGAÇÃO/JC
Sistema da Mercedes-Benz acelera e freia sem ação do motorista. A inovação está sendo introduzida nos modelos O 500 RS e RSD. O sistema de segurança, por meio de sensores na dianteira, ajuda o condutor a manter o ônibus a distância segura em relação ao veículo que vai à frente. Caso o motorista não reaja, o piloto automático adaptativo entra em ação, freando ou acelerando o veículo para evitar um possível impacto.
O dispositivo acelera e freia automaticamente e se desabilita a uma velocidade menor do que 15 km/h. Independentemente da atuação do recurso, o condutor tem total autonomia para intervir, mantendo sempre o domínio do ônibus.
"O piloto automático adaptativo reduz o risco de acidentes, trazendo mais segurança para os passageiros, os motoristas e os outros veículos da via. Graças à atuação de sensores, o sistema identifica os veículos à frente a partir de 200 metros, mesmo em situações de neblina. A introdução dessa tecnologia nos nossos modelos rodoviários O 500 representa um importante passo rumo ao ônibus autônomo com sistemas ativos de segurança no Brasil", declara Walter Barbosa, diretor de vendas e marketing de ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.
O piloto automático adaptativo da Mercedes-Benz é indicado para médias e longas distâncias rodoviárias, especialmente para aquelas caracterizadas por retas muito longas e declives acentuados, muito comuns no Brasil e na América Latina. Também é ideal para trechos de serra, com muitas curvas e neblina, pelo fato de identificar veículos à frente e, automaticamente, frear ou acelerar, conforme a situação.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia