Porto Alegre, quarta-feira, 15 de setembro de 2021.
Dia do Cliente.
Porto Alegre,
quarta-feira, 15 de setembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

- Publicada em 03h00min, 15/09/2021.

Empresário do setor de etanol e família morrem em acidente aéreo

O empresário Celso Silveira Mello Filho, acionista da Cosan, um dos maiores grupos do setor sucroenergético no País, morreu ontem em acidente aéreo em Piracicaba (SP). A aeronave King Air 360 caiu em uma área de vegetação próxima à Fatec (Faculdade de Tecnologia), provocando um incêndio no local. Todos os sete ocupantes do avião morreram, incluídos cinco pessoas da mesma família.

O empresário Celso Silveira Mello Filho, acionista da Cosan, um dos maiores grupos do setor sucroenergético no País, morreu ontem em acidente aéreo em Piracicaba (SP). A aeronave King Air 360 caiu em uma área de vegetação próxima à Fatec (Faculdade de Tecnologia), provocando um incêndio no local. Todos os sete ocupantes do avião morreram, incluídos cinco pessoas da mesma família.

Celso é irmão de Rubens Ometto Silveira Mello, presidente do conselho de administração da companhia. Além dele, morreram sua esposa, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto do avião, Celso Elias Carloni, e o copiloto, Giovani Gulo. A aeronave tinha decolado do aeroporto da cidade paulista, com destino a Belém. O registro aponta que o avião, fabricado em 2019, era da categoria de serviço aéreo privado e operado pela CSM Agropecuária Ltda.

O grupo Cosan atua em áreas de distribuição de combustíveis, usinas sucroalcooleiras e logística.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário