Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Agro

- Publicada em 28 de Julho de 2021 às 15:42

Ação autua empresas por uso inadequado de agrotóxico em cargas para exportação

Empresas não respeitavam período de carência no uso da fosfina, conforme especificação da bula

Empresas não respeitavam período de carência no uso da fosfina, conforme especificação da bula


Maria Luiza Conti/Divulgação/JC
Uma operação conjunta da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) com a Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler (Fepam) foi realizada entre os dias 19 e 23 de julho, no porto de Rio Grande e no município de Pelotas, visando fiscalizar o uso de agrotóxicos em expurgo e tratamento de cargas para exportação por empresas prestadoras de serviços nesta área.
Uma operação conjunta da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) com a Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler (Fepam) foi realizada entre os dias 19 e 23 de julho, no porto de Rio Grande e no município de Pelotas, visando fiscalizar o uso de agrotóxicos em expurgo e tratamento de cargas para exportação por empresas prestadoras de serviços nesta área.
Quatro engenheiros agrônomos, um técnico agrícola da Seapdr e dois fiscais da Fepam vistoriaram 11 empresas. Duas delas foram autuadas por irregularidades na utilização do agrotóxico fosfina no tratamento de cargas para exportação.
"O tratamento com fosfina exige um período de carência, uma espera de alguns dias antes de enviar a carga, e isso não estava sendo observado. A autuação foi por utilizar o agrotóxico em desacordo com as informações da bula, o que coloca em risco a vida de quem manipula a carga", explica a engenheira agrônoma Maria Luiza Conti, que participou da ação.
O uso da fosfina sem período de espera foi verificado em 11 contêineres: dez com arroz em grão com destino à Áustria, e um com farelo de soja destinado à Bangladesh. O tratamento fitossanitário com fosfina é um procedimento utilizado para o controle de pragas agrícolas em cargas voltadas à exportação. O uso da fosfina é permitido, desde que dentro do que especifica a bula do produto.
A operação foi solicitada aos órgãos estaduais pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e pela Receita Federal.
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO