Porto Alegre, terça-feira, 25 de maio de 2021.
Dia da Indústria e dia do Aniversário do Jornal do Comércio.
Porto Alegre,
terça-feira, 25 de maio de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Educação

- Publicada em 09h23min, 25/05/2021.

Escolas Técnicas Agrícolas da rede estadual recebem R$ 30 milhões em equipamentos

Foram beneficiadas 27 instituições de ensino e cerca de 5 mil estudantes

Foram beneficiadas 27 instituições de ensino e cerca de 5 mil estudantes


Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini/JC
O governo do Estado fez, nesta segunda-feira (24), a entrega de insumos e novos equipamentos para as 25 Escolas Técnicas Agrícolas e duas de agronegócio da rede estadual, totalizando 27 instituições de ensino e cerca de 5 mil estudantes beneficiados. O investimento de R$ 30 milhões foi realizado com recursos de emenda parlamentar da bancada federal gaúcha.
O governo do Estado fez, nesta segunda-feira (24), a entrega de insumos e novos equipamentos para as 25 Escolas Técnicas Agrícolas e duas de agronegócio da rede estadual, totalizando 27 instituições de ensino e cerca de 5 mil estudantes beneficiados. O investimento de R$ 30 milhões foi realizado com recursos de emenda parlamentar da bancada federal gaúcha.
“As Escolas Técnicas Agrícolas são muito importantes para dar capacidade aos produtores de extraírem mais da sua terra, através do conhecimento sobre novas técnicas e tecnologias para melhorar a produtividade do campo. E podermos contar mais uma vez com a nossa bancada é fundamental, numa política colaborativa e independente das divergências políticas. Essa parceria vai se reverter em melhoria da qualidade e da performance da educação e, que, afinal, é o futuro do nosso Estado”, destacou o governador Eduardo Leite.
Entre os equipamentos distribuídos para qualificação do ensino, estão plantadeiras pantográficas de arrasto, camionetes, espalhadores de esterco e laboratórios de informática, além de impressoras e notebooks. Também há materiais de apicultura, enxadas, tratores, semeadeiras, roçadeiras, tronco de contenção com balança, pulverizadores agrícolas, caminhão com baú, chocadeira automática, aquecedores, liquidificador industrial, semeadeira e aparelhos de ar-condicionado. A entrega simbólica ocorreu na Secretaria Estadual da Educação (Seduc), que organizou todo o processo, na interlocução com a bancada, por meio da Superintendência da Educação Profissional do Estado (Suepro). 
Segundo o presidente da Associação Gaúcha dos Professores Técnicos de Ensino Agrícola (Agptea), Fritz Roloff, este é apenas o início de uma nova fase para as escolas agrícolas gaúchas, que ainda receberão outras máquinas e equipamentos. "É uma grande notícia que nós estávamos esperando. A Agptea lutou muito com o Conselho dos Diretores das Escolas Agrícolas Gaúchas para que isso pudesse acontecer. Reforçamos a nossa satisfação. Se estivermos unidos e arregaçarmos as mangas, conseguimos as conquistas. Este é um grande momento", destaca.
Roloff salienta que a Agptea e os diretores das escolas técnicas agrícolas reconhecem o esforço especial do líder da Bancada Gaúcha, deputado federal Giovani Cherini, que apoiou o pleito e foi decisivo para que esta demanda tivesse êxito, bem como a equipe da Superintendência da Educação Profissional (Suepro) da Secretaria Estadual da Educação, que está executando o processo licitatório.
O presidente do Conselho dos Diretores das Escolas Estaduais Agrícolas, Luiz Carlos Cosmam, salientou a importância da entrega destes materiais, principalmente na parte pedagógica e o suporte que darão para as instituições. "Nossas escolas tinham esse déficit de equipamentos e com essa emenda obtivemos a possibilidade de renovação. Além de modernizar a escola, teremos a melhoria da qualidade do processo de ensino e aprendizagem. O agronegócio está cada vez mais tecnificado e as escolas com equipamentos sucateados. A partir dessa conquista, as instituições escolares poderão também ter acesso a essa tecnologia já utilizada nas propriedades rurais", observa.
Cosmam destaca que são diversos tipos de equipamentos que começam a chegar nas escolas como kit de energia solar, equipamentos de informática e implementos para o manejo de animais, entre outros, que também contribuirão para a produção agrícola. A verba foi aprovada no dia 30 de outubro de 2018. Desde então, era esperada a resolução de detalhes burocráticos para que os recursos pudessem chegar até as escolas agrícolas do Estado.
Municípios contemplados:
• Bom Progresso
• Caçapava do Sul
• Cachoeira do Sul
• Cachoeirinha
• Candelária
• Canguçu
• Carazinho
• Dom Pedrito
• Encruzilhada do Sul
• Erechim
• Espumoso
• Fontoura Xavier
• Guaporé
• Guarani das Missões
• Lagoa Vermelha
• Maçambará
• Osório
• Palmeira das Missões
• Santa Rosa
• Santo Antônio das Missões
• São Leopoldo
• São Lourenço do Sul
• São Luiz Gonzaga
• Tapera
• Venâncio Aires
• Viadutos
• Viamão
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário